Como calcular valores complexos no VBA

Escrito por steve mcdonnell Google | Traduzido por júlia polachini
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como calcular valores complexos no VBA
Execute funções científicas em números complexos no VBA (calcolatrice image by Gionata_d from Fotolia.com)

Um número complexo é aquele que não pode ser expressado como uma fração. Ele tem uma parte real e uma imaginária e é geralmente apresentado como um ponto no plano complexo. Um número complexo "n" é definido como n = x + i*y, onde x e y são coeficientes reais e o i é a raiz quadrada de -1. O Microsoft Visual Basic for Applications, ou VBA, tem 18 funções embutidas na categoria "Engenharia", que permite criar e executar cálculos com valores complexos.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Microsoft Excel

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Na área de trabalho de seu computador, pressione "Iniciar -- Todos os Programas -- Microsoft Office -- Microsoft Office Excel", para executar o Excel. Em seguida selecione "Desenvolvedor -- Visual Basic". No menu lateral à esquerda dê um clique duplo em "Esta pasta de trabalho" para abrir a janela onde você poderá digitar o código do Visual Basic.

  2. 2

    Crie um número complexo passando os coeficientes real e imaginário para a função "COMPLEX". Extraia o coeficiente real de um número complexo usando a função "IMREAL" e extraia o coeficiente imaginário utilizando a função "IMAGINARY". Por exemplo, para criar o número complexo "5+9i" e em seguida extrair os coeficientes reais e imaginários, digite:

    n = COMPLEX(5,9) n_real = IMREAL(n) n_imag = IMAGINARY(n)

  3. 3

    Adicione dois números complexos juntos usando a função "IMSUM". Subtraia-os utilizando a função "IMSUB". Multiplique-os com "IMPRODUCT" e divida-os com "IMDV". Encontre o valor absoluto de um número complexo com a função "IMABS". Por exemplo:

    x = COMPLEX(5, 6) y = COMPLEX(1, 2) x_plus_y = IMSUM(x, y) x_minus_y = IMSUB(x, y) x_times_y = IMPRODUCT(x, y) x_divby_y = IMDIV(x, y) x_abs = IMABS(x)

  4. 4

    Calcule o valor de um número complexo elevado a uma potência inteira usando "MPOWER", a raíz quadrada com "IMSQRT", o logaritmo em base 2 com "IMLOG2", o logaritmo de base 10 com "IMLOG10", o logaritmo natual com "IMLN" e a exponencial de um número complexo utilizando "IMEXP". Por exemplo:

    n = COMPLEX(7, 3) n_squared = IMPOWER(n, 2) n_sqrroot = IMSQRT(n) n_logbase2 = IMLOG2(n) n_logbase10 = IMLOG10(n) n_ln = IMLN(n) n_exp = IMEXP(n)

  5. 5

    Calcule o seno de um número complexo usando a função "IMSIN", o cosseno com "IMCOS", o argumento do ângulo teta em radianos com "IMARGUMENT" e o conjugado complexo do número complexo com "IMCONJUGATE". Por exemplo:

    z = COMPLEX(2, 12) z_sin = IMSIN(z) z_cos = IMCOS(z) z_theta = IMARGUMENT(z) z_conjugate = IMCONJUGATE(z)

Dicas & Advertências

  • Se o Excel não reconhecer as funções com números complexos, instale as "Ferramentas de Análise".

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível