Como calcular a velocidade tangencial de polias

Escrito por john woloch | Traduzido por joanna riva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como calcular a velocidade tangencial de polias
A velocidade tangencial é o produto da velocidade angular e o raio (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Polias transferem torque, força e velocidade. Abra o capô do carro e você encontrará pelo menos uma polia com correia transferindo potência do motor para vários acessórios. A velocidade tangencial é uma expressão da velocidade sendo transferida de uma polia para outra, no caso de polias com correias, em carros, ou para uma linha no caso de polias fixas e móveis. Pode-se calcular facilmente a velocidade tangencial de uma polia, ao obter o raio e a taxa de rotação.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Calculadora

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Determine o número de rotações que a polia realiza em um minuto. Por exemplo, uma polia faz 120 rotações por minuto.

  2. 2

    Divida o número de rotações por minuto por 60. Neste exemplo, 120/60 = 2. A polia faz duas rotações por segundo. Esta é a frequência em segundos.

  3. 3

    Multiplique a frequência da polia por 2 pi. O pi tem o valor aproximado de 3,14. No exemplo, 2 x 2 x 3,14 = 12,56. A velocidade angular da polia é de 12,56 radianos por segundo.

  4. 4

    Meça a distância a partir do centro, ou do eixo, da polia até a borda. Nesse exemplo, essa distância é de 6 cm.

  5. 5

    Multiplique a velocidade angular da polia pelo valor do raio obtido na etapa 4. No exemplo, 12,56 x 6 = 75,36. A velocidade tangencial da polia é 75,36 cm por segundo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível