Como calibrar um transmissor de pressão diferencial

Escrito por thomas bourdin | Traduzido por jacques baroukh aben athar de alcantara
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como calibrar um transmissor de pressão diferencial
Calibrar um transmissor de pressão diferencial antes de seu uso é crucial para obter resultados exatos (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Um transmissor de pressão diferencial mede a diferença de pressão entre dois meio diferentes. Dois transmissores de nível são conectados a duas colunas, sendo utilizados para medir a pressão de uma das colunas baseando-se na outra. Por exemplo, a pressão de uma das colunas de água será subtraída da pressão da outra coluna de água para medir a pressão diferencial. Um passo importante no uso desse instrumento é a calibração, já que, se ela for feita de forma inadequada, o transmissor não fornecerá medidas exatas. A calibração desse aparelho pode ser feita seguindo alguns passos simples.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Preencha duas colunas do transmissor de pressão com algum líquido. Ambas as colunas devem estar conectadas e possuir um transmissor de nível ligado .

  2. 2

    Para iniciar a calibração, ajuste uma das colunas para o nível zero por cento - isto é, o nível do líquido deve estar alinhado com o transmissor de nível, de forma que o transmissor meça zero por cento de pressão - e a outra para o nível 100 por cento. A escolha dos níveis de água é arbitrária, já que o transmissor mede apenas a diferença de uma coluna em relação à outra. No entanto, escolha um número redondo, como, por exemplo, 1000 milímetros de água.

  3. 3

    Multiplique a altura do líquido através de sua gravidade específica e faça uma nova calibração com a nova altura da coluna, medindo a pressão em uma das colunas específicas. Por exemplo, se o líquido possuir uma gravidade específica de 1,2, a multiplicação desse número pela altura da coluna de água (neste caso, 1000 milímetros) resultará em 1200 milímetros de água. Consequentemente, o transmissor deve ser recalibrado para 1200 milímetro de água. Dessa forma, o transmissor de pressão diferencial deve estar pronto para realizar medidas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível