Câncer no tronco encefálico

Escrito por jennifer clary | Traduzido por camila batista
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Câncer no tronco encefálico
Tronco encefálico (Images courtesy of sciencenews.org, suckstobeyoublog.com, nature.com, tcmedcenter.com, daylife.com, and ringwormtreatment.blogspot.com.)

O câncer no tronco encefálico é um diagnóstico debilitante. O tronco encefálico controla a respiração, a pressão arterial, a frequência cardíaca, a deglutição, a visão e a audição. É uma parte extremamente importante da anatomia humana e, portanto, qualquer dano a ele pode ser incapacitante e potencialmente fatal. Os tratamentos mais comuns para esse tipo de câncer incluem cirurgia, radioterapia, quimioterapia e desvio do líquido cefalorraquidiano. A chance de um paciente se recuperar totalmente do câncer no tronco encefálico depende muito do tipo de tumor e em que estágio a doença está no momento em que é descoberta e diagnosticada. Assim como alguns tipos de câncer, quanto mais cedo a doença for diagnosticada, maiores são as chances de o paciente ser curado. O câncer no tronco encefálico pode aparecer tanto em crianças quanto em adultos e a causa da doença é desconhecida. Embora o desenvolvimento do câncer não possa ser prevenido devido à sua causa desconhecida, perceber os sinais da doença ajudará a diagnosticá-la em seus primeiros estágios e aumentar as chances de recuperação.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

Identificar o câncer no tronco encefálico em seus primeiros estágios pode significar a diferença entre a vida e a morte. Os sintomas de um tronco encefálico cancerígeno podem incluir náusea e vômito frequente, problemas de visão, audição e fala, dificuldade de equilíbrio e caminhada, fraqueza em um lado do corpo, letargia anormal e alterações de personalidade e comportamento. Se você ou alguém que você conhece exibe alguns ou todos esses sintomas, a ajuda médica deve ser procurada imediatamente.

Câncer no tronco encefálico
Náusea e vômito frequente podem ser sintomas de câncer no tronco encefálico

Tipos

As duas formas mais comuns de câncer no tronco encefálico são tumores de glioma e astrocitomas pilocíticos. Gliomas no tronco encefálico são muito mais graves do que os astrocitomas pilocíticos; esses tumores se espalham rapidamente e são extremamente difíceis de tratar. Tragicamente, gliomas ocorrem com mais frequência em crianças. O diagnóstico dos astrocitomas pilocíticos é geralmente visto como um alívio por comparação, uma vez que se trata de um câncer de crescimento lento que raramente se espalha e quase nunca resulta em morte. Assim como gliomas de tronco encefálico, os astrocitomas pilocíticos aparecem principalmente em crianças e adultos jovens.

Câncer no tronco encefálico
Os dois tipos mais comuns de câncer no tronco encefálico são gliomas e astrocitomas pilocíticos

Expectativa de vida

Quando um paciente é diagnosticado com glioma, o tipo mais sério de câncer no tronco encefálico, o próximo passo é determinar o estágio da doença em uma escala de um a quatro. Se o câncer está no alto estágio três ou quatro, isso significa que a doença se espalhou pelo tronco encefálico e é muito menos provável que o tratamento médico fornecido seja bem sucedido em retardar a progressão do câncer. Uma vez que o câncer atinge o estágio quatro, o foco tipicamente muda de tratamentos possíveis à determinação de quanto o tempo de vida o paciente tem. Infelizmente, os gliomas no tronco encefálico se espalham rapidamente e um diagnóstico de estágio quatro geralmente significa que o paciente pode viver apenas de mais alguns meses até três anos.

Câncer no tronco encefálico
Gliomas em alto estágio limitam a expectativa de vida do paciente

Equipamento

Médicos confirmam as suspeitas de que um paciente tem câncer no tronco encefálico com tomografia computadorizada ou ressonância magnética. A tomografia computadorizada é um exame realizado por um computador ligado a uma máquina de raio-X, que fotografa áreas internas do corpo do paciente em diversos ângulos. Antes de usar a tomografia, o médico geralmente injetará o paciente com um contraste para que órgãos e tecidos apareçam com mais clareza nas fotos. A ressonância magnética também fotografa o interior do corpo do paciente. Porém, diferentemente da tomografia computadorizada, a ressonância magnética usa ímãs, ondas de rádio e um computador para obter as imagens. Antes de realizar a ressonância, o médico injeta o paciente com gadolínio, que se posiciona em torno das células cancerígenas e as torna fluorecentes nas fotos.

Câncer no tronco encefálico
Tomografia computadorizada e ressonância magnética são os exames realizados para obter o diagnóstico

Geografia

A cirurgia de glioma no tronco encefálico, um dos tratamentos mais comuns para retardar o desenvolvimento do câncer, é um grande negócio médico na Índia. O custo de uma cirurgia cerebral no país é significantemente mais baixo do que em países ocidentais e o tempo de espera para a cirurgia é bem menor. Os pacientes também podem esperar um alto nível de conhecimento entre os profissionais médicos indianos. A maioria dos profissionais realiza seu treinamento de pós-graduação em hospitais universitários americanos e europeus e cirurgiões indianos são reconhecidos por sua dedicação e habilidade entre toda a comunidade médica internacional.

Câncer no tronco encefálico
Os médicos indianos são mundialmente reconhecidos

Teorias/Especulação

Não se sabe ao certo o que causa o câncer no tronco encefálico. Porém, alguns pesquisadores especulam que crianças que são irradiadas no tratamento de tinea capitis, também conhecidas como micose do couro cabeludo, têm um alto risco substancial de desenvolver tumores como os gliomas. Felizmente, a radiação deixou de ser o tratamento padrão para a tinea capitis na maioria dos países durante a década de 60, quando cientistas passaram a relacionar a radiação com uma maior probabilidade de desenvolvimento de câncer.

Câncer no tronco encefálico
Micose no couro cabeludo

Potencial

Embora as perspectivas para pacientes com glioma no tronco encefálico sejam atualmente sombrias, há motivos para ter esperança de que a cura efetiva estará disponível em um futuro próximo. Pesquisadores da Universidade de Lund, na Suécia, acreditam que as células-tronco cerebrais podem proporcionar uma opção melhor para pacientes com gliomas malignos nos próximos anos. Uma vez que gliomas malignos no tronco encefálico somente podem ser retardados, mas não erradicados totalmente, a proposta de tratamento com células-tronco oferece o potencial para médicos finalmente descobrirem uma cura para a doença atualmente terminal.

Câncer no tronco encefálico
Gliomas

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível