Como a candidíase é transmitida?

Escrito por lee woodard | Traduzido por fabiana silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como a candidíase é transmitida?
Imagem do fungo Candida albicans (kaibara87, http://www.flickr.com/creativecommons)

O fungo Candida albicans é responsável por dois tipos diferentes de infecções: sapinhos (aftas) e a candidíase, uma infecção por levedura na vagina. Em alguns casos, eles são organismos oportunistas que se aproveitam de um sistema imunológico comprometido. Em outros casos, não está claro o que provoca o crescimento excessivo desse fungo de ocorrência natural.

Outras pessoas estão lendo

Transmissão da afta

Como a causa exata do crescimento excessivo da Candida albicans na boca não é conhecida, o modo de transmissão da candidíase oral também é desconhecido. É aconselhável não ter contato direto com a boca de alguém que tenha essa infecção ativa.

Como a candidíase é transmitida?
O crescimento do fungo na região da boca ainda é desconhecido

Transmissão da candidíase vaginal

A infecção por um crescimento excessivo da Candida albicans na vagina é designada por quatro termos diferentes: afta vaginal, candidíase, monilíase e candidíase vulvovaginal (CVV). Houve casos em que a infecção por esse fungo foi transmitida através do contato sexual direto, tornando-a oficialmente uma doença sexualmente transmissível.

As mulheres grávidas que têm uma infecção de candidíase vaginal no momento do parto correm o risco de a criança desenvolver a candidíase oral.

Considerações

Qualquer coisa que comprometa a capacidade do sistema imunológico de combater infecções, tais como medicamentos e doenças imunossupressoras, como o HIV/AIDS, assim como antibióticos, esteroides, inaladores de corticosteroides, quimioterapia e a radiação tornam o paciente mais susceptível para desenvolver uma infecção por Candida albicans.

Doenças crônicas, como o diabetes mellitus e o câncer, podem tornar um paciente propenso a esse tipo de infecção.

Pessoas muito jovens e idosas têm maior incidência de candidíase oral do que as outras faixas etárias.

Sintomas

O principal sintoma da candidíase oral é uma camada branca aveludada que aparece no interior da boca. Se ela for removida, o tecido que está por baixo será de cor vermelho brilhante e poderá sangrar.

Quase 75% das mulheres desenvolverão a candidíase vaginal, ou infecção por levedura vaginal, durante a sua vida. O principal sintoma dessa condição comum é a coceira. Também pode haver um corrimento vaginal branco espesso que se assemelha a leite coalhado. Dor e um leve sangramento durante a relação sexual não são incomuns.

Candida albicans e a amamentação

Durante a amamentação, a mulher corre o risco de desenvolver uma infecção por Candida albicans nos mamilos e essa condição dolorosa pode ser facilmente transmitida para o lactente. Em caso de suspeita de infecção por Candida albicans, a mãe e o bebê devem ser tratados para evitar a recorrência.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível