Cão Chow Chow e a Displasia da anca

Escrito por carrie terry | Traduzido por yago lima
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Cão Chow Chow e a Displasia da anca
Os cães Chow Chow são propensos a algumas graves complicações físicas (black/blue tongued chow chow image by Scrivener from Fotolia.com)

Os cães Chow Chow são resistentes e têm origem na China. Eles têm pelos longos e macios e rostos pequenos que lhes dão a aparência silvestre de um leão. Os Chow Chow foram recentemente criados em um tamanho maior, e como tal, estão propensos a problemas na anca.

Outras pessoas estão lendo

Questões médicos

Os cães Chow Chow são propensos à alguns problemas de saúde graves, devido principalmente às suas características físicas. Seus pelos longos e espessos podem esconder alguns pontos em sua pele, enquanto os do rosto podem causar dificuldade para cheirar e respirar. As pálpebras dobradas podem causar infecções nos olhos, e as orelhas dobradas infecções nos ouvidos. Eles também são propensos à diplasia da anca.

Fatos da displasia da anca

Como muitos cães grandes que foram criados para se tornarem maiores, o esqueleto de um Chow Chow pode se revelar problemático. Os cachorros maiores têm mais peso e seus ossos são projetados para isso. De acordo com o "peteducation.com", isso resulta em problemas como a displasia da anca, na qual as articulações da anca do cão ficam "soltas". Pelo fato da anca ser composta por uma "bola" e uma "base", as articulações soltas fazem com que a cabeça dos ossos da perna -- a "bola" -- escapem da anca -- a "base"-- e atrapalhem a capacidade do cão andar.

Sintomas

O sintoma mais evidente para a displasia da anca no Chow Chow é a dor na região coxofemoral, especialmente após algum exercício. O Chow Chow em casos mais avançados, pode sentir dor ao andar. Em alguns casos, os cães não serão capazes de correr de forma alguma, porque suas pernas traseiras se curvam muito rápido. Se essa condição não for tratada, as articulações do cão cicatrizarão e o deixará manco ou ele ficará impossibilitado de caminhar.

Idade

A Displasia da anca é considerada genética, o que significa que os cães nascem com articulações da região coxofemoral que se deteriorarão em algum ponto do tempo. A displasia se torna evidente quando os filhotes passam das fases de crescimento, e suas articulações não se "mantêm." De acordo com o Guia completo da Displasia da anca em cães (Hip Dysplasia in Dogs Complete Guide), essa doença também pode aparecer em cães mais velhos, quando as suas articulações coxofemoral começam a se degenerar, como parte do processo de envelhecimento.

Tratamento

A Displasia da anca é tratada com sucesso se for detectada precocemente. Já que é uma doença que afeta os ossos, ligamentos e tendões, ela é geralmente tratada com cirurgia. Os veterinários apertam os tendões e ligamentos que sustentam a articulação da anca, para apertar a conexão. Os cães são, então, colocados sob um estilo de vida restrito, por um período de tempo, sem qualquer atividade extenuante, para proteger as articulações dessa região.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível