Por que meu cão está engolindo e lambendo continuamente?

Escrito por adele eliot | Traduzido por bruno callegari
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Por que meu cão está engolindo e lambendo continuamente?
Lamber e engolir excessivamente pode ser um sinal de doença (puppy tongue image by Sandi Chetwynd from Fotolia.com)

Se o seu cão começar a lamber e engolir em excesso, esse comportamento pode ser preocupante. Existem várias causas para isso, incluindo razões comportamentais e sinais de que ele está doente. Todas são tratáveis​​, mas se o animal começar a lamber e engolir mais do que o habitual, é importante consultar um veterinário para determinar a causa correta.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

O excesso de lamber e engolir é perceptível para qualquer proprietário por isso deve ser muito fácil de identificar. Alguns cães lamberão entusiasmadamente, mesmo estando saudáveis, pois é uma forma de explorar seus arredores e se arrumar. No entanto, se você observar que o seu cão está lambendo mais do que o habitual, ou demonstrar outros sintomas, tais como tosse ou ruídos de engasgos, é importante consultar um veterinário o mais rápido possível.

Importância

É importante monitorar as lambidas e engolidas em excesso, pois isso pode indicar um problema comportamental ou de saúde. Deve-se diagnosticar a causa de forma rápida para que o seu cão possa ser tratado. O diagnóstico precoce também impedirá que o animal lamba ou engula qualquer coisa que possa ser potencialmente prejudicial. Em alguns casos, o excesso de lambidas pode evitar que o cão coma ou beba tanto quanto precisa .

Causas

De acordo com o Merck Veterinary Manual, o transtorno obsessivo compulsivo (TOC) pode ser uma causa por trás do excesso de lambidas, especialmente se o cão não puder ser interrompido. Outras causas de lamber e engolir em excesso relacionadas à saúde incluem amigdalite e dor de garganta. Neste caso, o cão também tossirá, embora seja uma tosse fraca em comparação com a que geralmente aparece em condições como a tosse dos canis.

Prevenção/Solução

Uma das causas da amigdalite é a grande quantidade de tártaro nos dentes. As bactérias viajam da boca para a garganta, o que leva a uma infecção. Portanto, garantir que os dentes do seu cão sejam mantidos limpos é uma boa medida preventiva. A amigdalite também pode ocorrer depois de um ataque de vômito. É necessária atenção veterinária para lidar tanto com amigdalite quanto com o TOC. Para este último, uma mistura de medicamentos e treinamento ajudará a melhorar o comportamento do animal.

Considerações

Os cães que sofrem de transtorno obsessivo compulsivo geralmente desenvolvem esse comportamento depois de terem sido negligenciados ou abusados. A exposição a situações que causam altos níveis de estresse ou medo pode desencadear o TOC. A condição também é genética e, como o Pet Wave explica, recomenda-se que os cães com TOC não sejam usados para reprodução.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível