Características da borboleta Anartia amathea vermelha

Escrito por cheryl starr | Traduzido por marlon campos
Características da borboleta Anartia amathea vermelha
As Anartia amathea fêmeas são maiores que os machos, porém suas cores são mais fracas (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

A Anartia amathea vermelha é uma das espécies de borboleta mais comuns no Brasil. Pesquisas mostram que a reflexão de cores nas asas da borboleta não são causadas por pigmentos, como acreditava-se anteriormente, mas por pequenas armações dentro das escamas da asas, afirma Sarah Davidson do site Live Science. Essa pequena borboleta possui asas vermelhas brilhantes e manchas pretas na parte superior, cercadas por alguns pontos brancos.

Localização

As Anartia amathea são nativas da América do Sul. Conforme a localização dessas borboletas se amplia, elas podem ser vistas frequentemente da Colômbia até o norte do Chile. Essas borboletas podem ser encontradas na natureza em centenas ou além disso, visto que elas já foram avistadas no Equador e Peru aglomeradas em grandes quantidades.

Relações familiares

A Anartia amathea é uma borboleta da família dos Ninfalídeos e da subfamília Nymphalinae. Intimamente relacionada à Anartia fatima, ela é parente da borboleta Junonia coenia. O gênero Anartia dessa borboleta está próximo do gênero Junonia e seu equivalente afro-oriental, Precis.

Habitat

A Anartia amathea vermelha vive em áreas ensolaradas. Ela frequenta locais quentes e secos, clareiras, florestas, campos e pomares e é encontrada com mais frequência em dias quentes e nublados. Essas borboletas voam quando está chovendo fraco e habitam áreas com baixa vegetação, principalmente em tempo chuvoso ou nublado. Além disso, elas pousam sobre folhas, gramados, áreas com ervas daninhas ou arbustos. À noite, as borboletas penduram-se de cabeça para baixo na parte inferior das folhas e fecham suas asas. Ainda não foi descoberto se as borboletas realmente "dormem", mas dormir é o termo comumente usado para referir-se ao seu período de descanso à noite.

Comportamento adulto

As Anartia amathea fêmeas participam frequentemente de um ritual de acasalamento seguido de rejeição. Nesse caso, a borboleta manterá as asas eretas durante o voo enquanto movimenta-se constantemente para trás e para frente para indicar uma falta de interesse pelo macho. Além disso, essas borboletas geralmente alojam-se em grupos de dezenas, centenas ou até mais.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível