Características do Clostridium tetani

Escrito por dr. tina m. st. john | Traduzido por joan diaz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Características do Clostridium tetani
A Clostridium tetani forma esporos que podem sobreviver por tempo indeterminado no ambiente (dirt road image by MAXFX from Fotolia.com)

A bactéria Clostridium tetani é o agente causador do tétano. Estas bactérias são comuns no solo e em excremento animal. Normalmente, a Clostridium tetani (ou apenas C. tetani) causa infecção em seres humanos através de uma ferida suja na pele. Esta espécie de bactéria tem características distinguíveis que a fazem reconhecível na clínica e no laboratório.

Outras pessoas estão lendo

Gram positivo

Bactérias são tratadas com tinturas para examinar suas formas e características da parede celular no microscópio; determinar estas características ajuda a identificá-las. O procedimento de tingimento é chamado de Gram. A C. tetani é Gram positivo, o que significa que sua parede celular aceita a tintura púrpura do Gram. Uma alta concentração de um complexo de açúcares e proteínas na parede celular (chamado de peptidoglicano) e a falta de uma membrana externa envolvendo a bactéria causam a retenção da tintura.

Forma de raquete

A C. tetani tem forma de bastão com uma ponta bulbosa. O bulbo representa um esporo, uma partícula infecciosa encoberta dentro da bactéria. O esporo terminal dá a C. tetani uma forma de raquete distinguível.

Forma esporos

A C. tetani produz esporos, uma forma dormente da bactéria, que resiste aos elementos. Esporos de C. tetani são comuns no meio ambiente. A bactéria permanece em sua forma de esporo até que adentra um ambiente onde pode se tornar ativo e se reproduzir.

Infectividade indefinida

Os esporos produzidos pela C. tetani são tão resistentes aos elementos externos que conseguem permanecer infecciosos no ambiente natural por tempo indefinido.

Resistência a desinfetantes

Esporos de C. tetani são resistentes à maioria dos desinfetantes, especificamente aqueles cujos principais ingredientes esterilizantes são álcool, fenóis ou formalina. Porém, os esporos podem ser mortos usando iodo, peróxido de hidrogênio e calor extremo.

Anaeróbios obrigatórios

Bactérias são caracterizadas pelo tipo de ambiente gasoso onde elas melhor se multiplicam. A C. tetani é um anaeróbio obrigatório, o que significa que não pode sobreviver à concentração de oxigênio do ar do ambiente. Ela precisa de um ambiente rico em dióxido de carbono e com pouco oxigênio. Esta característica ajuda a explicar o porquê de feridas profundas serem locais propícios para o C. tetani: elas protegem a bactéria do ar do ambiente. É importante notar que o seu esporo sobrevive sem dificuldades num ambiente ao ar livre.

Produção de toxinas

A característica clínica mais distinguível da C. tetani é sua produção de uma toxina do sistema nervoso chamada de tetanospasmina, chamada mais popularmente como toxina tetânica. Esta substância causa as contrações e espasmos musculares dolorosos do tétano.

Produção extracelular de enzimas

A C. tetani produz e segrega uma gama de enzimas que quebram substâncias no ambiente, incluindo proteínas, gorduras e açúcares complexos. Quebrando estas substâncias, as bactérias conseguem converter material do ambiente em substâncias químicas que elas usam para energia.

Grande capacidade de fermentação

A C. tetani é capaz de metabolizar uma grande variedade de compostos para energia. As características metabólicas da C. tetani ajudam a identificá-la em laboratório.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível