As características de um mal supervisor

Escrito por kevin fobbs | Traduzido por rafael assis
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
As características de um mal supervisor
Se irritar com os funcionários é uma característica ruim para os supervisores (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

Existem grandes chances da maioria dos empregados terem encontrado supervisores ruins em algum momento de suas carreiras. Um supervisor incompetente torna o ambiente de trabalho desagradável e difícil de se trabalhar. Uma conduta antiprofisisional pode variar de uma incapacidade de tomar decisões sobre um projeto até o próprio bullying; um supervisor ruim pode até mesmo tomar o crédito pelas realizações de um funcionário, além de culpá-lo pelos seus próprios erros.

Outras pessoas estão lendo

Tipos de chefes ruins

Muitos supervisores medíocres estão presentes em todos os tipos possíveis de ambientes de trabalho. Alguns tendem a microgerenciar jogando o trabalho persistentemente sobre os seus ombros ou lhe intimidando com e-mails infindáveis a respeito do seu desemprenho no trabalho. Esses supervisores podem até mesmo questionar o seu horário de almoço e seus intervalos. De acordo com o site Quint Careers, existem outros tipos de supervisores que não possuem treinamento profissional, não entendem o papel e a responsabilidade da supervisão, ou têm ataques de raiva por erros simples.

Incapacidade de aceitar conselhos

Uma característica desconcertante de um mal supervisor é ter falta de integridade profissional. Este é o supervisor que sempre prometerá dar continuidade a assuntos ou reclamações a respeito de procedimentos de trabalho que podem melhorar o ambiente de trabalho corrigindo procedimentos inadequados defendidos pelo supervisor. Em vez disso, o supervisor apontará os erros dos empregados e criticará um funcionário que discorde ou dê uma opinião que se contraponha à dele.

Incapacidade de se comunicar efetivamente

Uma característica frustrante de uma mal supervisor é a incapacidade de comunicar claramente os objetivos ou prazos de projetos. O resultado deste problema deixa o empregado em uma desvantagem clara para realizar tarefas ou alcançar os objetivos do departamento ou de uma área específica. Quando um supervisor também se compromete com a prática de mudar objetivos e prazos constantemente, isto compromete o projeto e cria, injustamente, resultados ruins de desempenho por parte dos empregados.

Humilha funcionários publicamente

Supervisores que humilham os funcionários publicamente ou em um grupo de trabalho ou reunião, demonstram uma clara incapacidade em discernir a necessidade de manter discrição quanto ao desempenho do empregado. Esta ação também serve para deixar o funcionário mais desestimulado, o que faz com que outros funcionários pensem que também serão humilhados publicamente pelo supervisor. A repressão pública por parte de um supervisor deve ser relatada ao seu departamento de recursos humanos imediatamente.

Documento o mal comportamento

Uma das soluções mais efetivas para lidar com um mal supervisor é documentar todos os incidentes que ocorrerem. Ao listar tais incidentes, é importante que você seja totalmente objetivo e não exponha emoções na sua listagem. Por exemplo, discuta de forma simples e factual quando o incidente acontecer, e como este comportamento afetou a sua habilidade de desempenhar o seu trabalho ou o trabalho dos seus colegas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível