Características do planeta anão Eris

Escrito por arlene mckanic | Traduzido por débora faggioni
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Características do planeta anão Eris
Plutão era considerado um dos planetas (Digital Vision./Digital Vision/Getty Images)

Em 13 de setembro de 2006, um planeta anão foi oficialmente chamado de Eris pela União Astronômica Internacional. O planeta foi descoberto em 5 de janeiro de 2005, a partir de dados que voltaram de outubro de 2003. Seu antigo nome era 2003 UB (313). Trata-se de um plutoide, porque é muito semelhante ao ex-planeta Plutão. Eris tem o nome da deusa grega da discórdia e da luta. A lua de Eris, Dysnomia, recebeu o nome da filha de Eris. Dysnomia é o espírito demoníaco da ilegalidade. Antes de receber o nome oficial de Eris, o planeta anão foi apelidado de Xena, a personagem da TV.

Outras pessoas estão lendo

Plutoide

O nome plutoide foi apresentado pelo comitê de nomenclatura de pequenos corpos da IAU, como sendo corpos celestes em órbita em torno do Sol a uma distância maior do que a de Netuno e que não limparam a vizinhança em torno de sua órbita. Eles têm gravidade suficiente para se tornar um pouco redondos e uma magnitude mais brilhante do que + 1, que é uma magnitude comparável a algo entre o sol e a lua cheia. Até agora, Eris e Plutão são os únicos plutoides. Eles também são considerados planetas anões, juntamente com Ceres, Makemake e Haumea. Ceres não é um plutoide porque se situa no cinturão de asteroides entre Marte e Júpiter. Makemake, no cinturão de Kuiper além de Netuno, está sendo classificado com o status de plutoide. Os cientistas não sabem muito sobre Haumea -- apenas que tem a forma de um charuto.

Eris versus Plutão

Eris é o maior planeta anão já encontrado. Acredita-se que é maior do que Plutão, que está junto com ele no cinturão de Kuiper, um anel de corpos gelados além de Netuno, com órbita solar. Eris está a mais de 16 bilhões de quilômetros do Sol e leva 560 anos para completar sua órbita em torno dele. Eris tem um diâmetro de 2.400 quilômetros, com margem de erro de 100 quilômetros, embora possa mudar com medições mais precisas. Plutão tem um diâmetro de 2.212 quilômetros, está a 7.358.725.440 quilômetros do sol e leva 248 anos completar sua órbita em volta dele.

Por que tão brilhante?

Eris tem uma temperatura de superfície de 405 graus abaixo de zero e reflete mais luz do que qualquer outro corpo do sistema solar, salvo Enceladus, satélite de Saturno, que tem vulcões gelados recobrindo a superfície com material altamente reflexivo. Postula-se que Eris seja tão brilhante em razão de sua atmosfera de metano ter caído sobre a superfície se solidificando, o que lhe proporciona uma cobertura reflexiva.

Formação

Astrônomos usam Plutão como uma referência para inferir do que Eris é constituído. A densidade de Plutão é alguma coisa entre a da rocha e a do gelo e, assim, os cientistas pensam que o seu interior possa ser meio rochoso e meio gelado. Eles acreditam o mesmo sobre Eris. Plutão tem uma superfície um tanto avermelhada e manchada e a de Eris é lisa e branca, provavelmente por causa da atmosfera congelada sobre a sua superfície.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível