Caroço mamário em homens

Escrito por tiago tostes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Caroço mamário em homens
Tanto os homens quanto as mulheres possuem glândulas mamárias (Photodisc/Photodisc/Getty Images)

O câncer de mama, ao contrário do que muitas pessoas imaginam, afeta o homem, por também possuírem a glândula mamária. O que difere é que em pessoas do sexo masculino ela não está desenvolvida, pois esse estímulo é feito pelo hormônio estrogênio, mais abundante nas mulheres. Conheça um pouco mais sobre essa doença, mas não se esqueça de consultar um médico.

Outras pessoas estão lendo

Câncer de mama no homem

O aparecimento de um caroço na região da aréola entre 50 a 60 anos é o principal sintoma de um câncer de mama. Essa doença se manifesta da mesma forma que na mulher: apresentação de um nódulo palpável na mama e, se passado muito tempo, pode ulcerar, sangrar e formar íngua na região axilar. O surgimento é, portanto, um sinal de alerta, e um médico deve ser consultado.

Fibroadenomas

Os fibroadenomas, mais comuns entre os 18 a 35 anos, são nódulos móveis, de tamanhos variáveis que não provocam dor e, em alguns casos mais raros, podem se tornar um câncer. Procure sempre um médico caso apareça alguma estrutura diferente nas mamas, pois essas podem ser confundidas com o caroço mamário do câncer. No caso de fibroadenomas, o profissional provavelmente irá optar por fazer um acompanhamento anual para analisar o crescimento dele.

Cistos

Um outro tipo de nódulo é o cisto, estrutura arredonda e macia, que pode provocar dor e possui líquido no seu interior. Apenas o médico será capaz de diferenciar os diferentes tipos de caroços mamários, portanto esse profissional deve ser procurado para definir qual o tipo e a sua periculosidade. Para os cistos, é uma opção puncionar o líquido para realizar exames e assim definir alguma possível intervenção.

Lesões de mama

Em casos de lesões na mama, a hemorragia pode formar um coágulo sanguíneo no local e também permitir a ocorrência de deterioração de uma parte do tecido gorduroso do peito. Nesses casos, o coágulo ou a necrose podem ser palpáveis. Os dois casos normalmente regridem com o tempo sem nenhum tipo de tratamento, se isso não acontecer, o seu médico pode, naturalmente, optar por fazer uma pequena intervenção cirúrgica.

Papilomas intraductais

Os papilomas intraductais são nódulos que se formam logo abaixo da aréola dentro dos ductos (canais que ligam as glândulas ao mamilo), com incidência maior dos 30 a 40 anos, e podem provocar secreção clara, pegajosa e até com rajas de sangue pelo mamilo. Pode ser indicada uma remoção cirúrgica da área afetada se o líquido não cessar ou se apresentar inflamação. Qualquer sinal de alerta procure rapidamente o seu médico.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível