Mais
×

Como catalogar uma coleção de moedas

Coleção de moedas é um hobby maravilhoso, mas, como todo colecionador sabe, elas podem se acumular rapidamente. Para evitar que suas peças fiquem bagunçadas, é necessário a criação de um inventário para catalogá-las. Felizmente esse é um processo fácil, armazenando sistematicamente observações sobre as moedas.

Instruções

Catalogar moedas é um processo fácil, se pensado antecipadamente (coin image by Petr Gnuskin from Fotolia.com)
  1. Identifique o sistema que quer utilizar. Dependendo das suas habilidades com computadores, programas como Microsoft Excel podem ser muito úteis no catálogo da sua coleção. Se não, um simples bloco de anotações ou caderno funcionará.

  2. Grave características básicas de cada moeda. Isso inclui o país de origem, a data e a marca da casa da moeda. A partir disso, você pode procurar em um livro de moedas para determinar o metal dela, se não for evidente.

  3. Marque o peso da moeda utilizando a escala acurada à grama centesimal.

  4. Anote qualquer outra informação. Escreva o estado da moeda, quando e onde foi comprada e qualquer característica adicional que pode ser útil para futura identificação. Se quiser, utilize o guia e anote algum fato da história da moeda ou algo único que o atrairá à sua peça.

  5. Faça uma cópia do inventário e mantenha-a separada das moedas. Dessa maneira, se as peças forem roubadas, seu inventário estará seguro com você.

Dicas

  • Utilize fotografias digitais para uma documentação extra.

Aviso

  • Não tente limpar suas moedas para deixá-las mais atraentes. Isso pode diminuir substancialmente seu valor.

O que você precisa

  • Guia de moedas
  • Escala centesimal de gramas
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article