Como fazer com que os caules de roseiras fiquem mais grossos

Escrito por sandra carusetta Google | Traduzido por allisson ester de paiva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer com que os caules de roseiras fiquem mais grossos
Caules grossos e resistentes mostram as rosas de forma melhor (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Caules de roseira firmes e grossos seguram as flores em posição vertical, sendo bom para visualização aérea do jardim ou para colocação em um vaso. Entretanto, certos tipos de rosas, especialmente algumas rosas inglesas, são propensas a terem caules finos e fracos. Quando uma predisposição genética à fraqueza é contida com cuidado e plantio apropriados, os caules das roseiras podem atingir sua grossura máxima. Deficiência de fósforo e nitrogênio contribuem para caules frágeis. Insuficiência de luz solar em conjunto com muito nitrogênio causam caules fracos e alongados. Um roseira plantada de maneira correta, em um local ensolarado e bem drenado, usa os nutrientes de forma otimizada, sendo mais resistente.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Tesouras de poda afiadas
  • Luvas de jardinagem
  • Serragem orgânica
  • Fertilizante de sulfato de amônio
  • Fertilizante de fósforo

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Examine as roseiras no início da primavera, quando os novos caules começam a se desenvolver. Execute a poda e descarte caules mortos, fracos ou doentes. Pode e descarte também um terço da ponta superior dos caules remanescentes. Regue cada planta bem.

  2. 2

    Espalhe uma camada de serragem de cinco a sete centímetros ao redor da base de cada planta. Rodeie cada planta, com um círculo de serragem, começando a 15 centímetros da base e se estendendo até 45 centímetros da base.

  3. 3

    Coloque duas colheres de sopa de sulfato de amônio por planta. Repita em intervalos de quatro semanas ao longo da estação de crescimento até três semanas antes da data esperada para os primeiros sinais do outono.

  4. 4

    No início da primavera, revolva o solo ao redor de cada planta e coloque um quarto raso de xícara de fertilizante de fósforo. Repita o processo quando os brotos estiverem com dez a 15 centímetros de comprimento, e novamente depois que a primeira floração da estação estiver terminada.

Dicas & Advertências

  • Se possível, replante as roseiras que não se desenvolveram em um solo bem drenado e em um ponto que receba, ao menos, seis horas de sol por dia.
  • Aumente a aplicação de sulfato de amônio se o crescimento vegetativo da planta é lento. Reduza se o crescimento é excessivamente rápido, porém fraco.
  • Para roseiras em local sombreado que receberam muito nitrogênio e estão fracas, com caules excessivamente longos, use aplicações regulares de fertilizante com baixo nível de nitrogênio ao longo da estação.
  • Mantenha as roseiras regadas com, no mínimo, dois a três centímetros de irrigação semanal ao longo da estação de crescimento.
  • Coloque serragem nova ao longo da estação se necessário.
  • Não fertilize rosas desidratadas ou estressadas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível