O que causa a Alopecia Areata em gatos?

Escrito por jane meggitt Google | Traduzido por marcella narvaes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que causa a Alopecia Areata em gatos?
Leve seu gato para o veterinário se ele começar a ter perda de pelos (cat image by JASON WINTER from Fotolia.com)

A perda de pelos de felinos, ou alopecia, é causada por uma variedade de condições. Se um gato começa a perder cabelo ao redor da cabeça e pescoço, ou no corpo, ele pode ter alopecia areata. Essa condição geralmente não afeta pernas ou rabos e não causa coceira. Apesar da causa exata ser desconhecida, veterinários suspeitam que certas condições podem causar a alopecia areata. Qualquer gato que esteja exibindo perda de pelos deve ser examinado por um veterinário para um diagnóstico definitivo.

Outras pessoas estão lendo

Distúrbio auto-imunitário

Distúrbios anti-imunitários são considerados as causas mais prováveis para a alopecia areata em gatos. O diagnóstico consiste de uma biópsia da pele e um exame microscópico dos pelos. De acordo com o site Pet Health and Care, a perda de pelo começa em áreas pequenas quando o sistema imunitário do gato ataca o tecido de crescimento de pelo. O ciclo de três estágios consiste em pequenas áreas de perda de pelo, grandes quantidades de perda de pelo e novo crescimento. A razão para esse distúrbio imunitário permanece desconhecida.

Dieta

A dieta pode ser outra causa da alopecia areata. De acordo com o site Vet Info, ingredientes da ração de gatos suspeitos de deixá-los predispostos à alopecia areata podem incluir soja, carne, milho ou trigo. Outros sinais de causas dietéticas incluem a recusa do felino de comer e comportamentos como se lamber excessivamente ou mastigar a sua pele. Dietas pobres ou insatisfatórias podem também contribuir com o enfraquecimento do sistema imunitário, causando uma reação auto-imunitária.

Tratamento

Apesar da má aparência, a alopecia areata geralmente se resolve sozinha, apesar de serem necessários semanas ou meses. Mudanças na dieta podem acelerar a resposta do sistema imunitário do animal e melhorar a condição mais rapidamente. Depois de uma examinação cuidadosa, um veterinário providenciará as informações sobre uma dieta apropriada às necessidades do animal e pode recomendar, além de mudanças na dieta, suplementos de ácidos gordos como ômega 3 para servir de suporte à pele e pelo.

Essa condição não deve ser confundida com a alopecia psicológica, na qual a perda de pelo é causada por mordidas ou lambidas excessivas. Essa é uma desordem obsessiva compulsiva que exige medicação para se quebrar o ciclo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível