×
Loading ...

O que causa dor na coxa após uma caminhada na esteira?

Atualizado em 13 junho, 2017

Dor ou cãibra em um músculo é uma lesão pós-exercício comum que pode acontecer com qualquer um. A maioria dos casos de dor na parte interna superior da coxa após caminhar em uma esteira não precisa de atendimento médico, mas, caso os sintomas piorem ou persistam, é preciso procurar avaliação médica. Felizmente, a maioria dos casos de dor na parte interna superior da coxa é evitável com mudanças no estilo de vida, e tratável com cuidados caseiros ou médicos.

Caminhada na esteira (Minerva Studio/iStock/Getty Images)

Acompanhe os sintomas da dor na coxa

A dor na parte interna superior da coxa que ocorre após uma caminhada na esteira pode se desenvolver lentamente e parecer uma dor leve ou aparecer sem aviso prévio e parecer como se estivesse perfurando ou queimando. Em alguns casos, a dor pode não começar até o dia após o treinamento. Além da dor, algumas pessoas podem experienciar sintomas adicionais, como inchaços ou hematomas na parte interna superior da coxa, fraqueza ao fechar as pernas e dificuldade em andar ou correr. Em alguns casos, um caroço duro pode desenvolver-se dentro do músculo, o que faz com que fique sensível ao toque.

Loading...

Causas

Pouca flexibilidade e não aquecer antes de usar a esteira são causas comuns de dores em músculos como a coxa. De acordo com especialistas, uma ruptura no adutor longo, ou um puxão na virilha, pode causar dor na parte interna superior da coxa após uma caminha na esteira. As cãibras musculares também causam essa dor, e elas costumam ser resultados de treinos prolongados, desidratação e fadiga. Raramente, condições médicas como um nervo comprimido, arteriosclerose ou diabetes podem causar dores musculares após os exercícios.

Tratamentos

Em casos de dores leves na parte interna superior da coxa após caminhar em uma esteira, o tratamento caseiro, como repouso, gelo e elevação da perna afetada deve reduzir a dor. Alongar os músculos da área da virilha também ajuda a reduzir a dor, segundo especialistas. Se a dor interferir no andar, os médicos podem recomendar o uso de muletas até que a dor passe. Para rupturas musculares moderadas ou graves, os pacientes podem precisar de terapia de massagem, fisioterapia ou cirurgia para reparar o músculo.

Prevenção

Ao usar uma esteira, aumentar a velocidade aos poucos e inclinar-se durante o treino pode ajudar a evitar a dor na parte interna superior da coxa. Além disso, alongar os músculos das coxas e das nádegas algumas vezes por dia e aquecer antes e resfriar após o uso da esteira também podem ajudar a evitar a dor. Realizar exercícios de alongamento muscular, como o agachamento, também ajuda a evitar a dor.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...