As causas e efeitos dos tornados

Escrito por alison j. walkley | Traduzido por alexandre amorim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
As causas e efeitos dos tornados
Um funil é um sinal certo de um tornado (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Uma grande tempestade misturada com certas condições atmosféricas pode produzir tornados. Esses grandes e velozes funis de vento podem causar danos e mortes anualmente em toda América. Os tornados podem aparecer em grupos, mas mesmo apenas um sozinho pode causar efeitos devastadores em pouco tempo. Alguns destruíram pequenas cidades em minutos.

Formação de tornados

Tornados se formam em conjunção com as tempestades em lugares úmidos, com ar quente à frente de frentes frias que se dirigem para leste. Elas tendem a formar-se no inverno e no começo da primavera na região do centro-sul dos EUA, e durante o verão, nos estados do norte. Tornados também são comuns ao longo da frente das montanhas rochosas, as planícies altas do sul e no norte do estado do Texas, onde o ar próximo ao solo flui até terrenos mais altos. Essas condições aumentam a velocidade do vento quando ele muda de direção em uma tempestade. Isso cria um efeito de giro invisível e horizontal que é inclinado verticalmente ao levantar o ar que forma o tornado.

Sinais

Uma nuvem de funil que se estenda de uma parede de nuvens é um sinal claro de um tornado, mas existem outras pistas visuais que possam indicar sua formação. A parede de nuvens é uma delas. Os céus ficarão escuros e esverdeados perto de células de tempestade poderosas o bastante para produzir um tornado. A mesma tempestade produzirá pancadas de chuva e granizos maiores que o normal. Se um rugido alto parecido com o barulho de um trem puder ser ouvido durante esses outros sinais, sem trens em vista, um tornado está próximo.

Inícios

Muitas vezes, os tornados se formam dentro da chuva de granizo e ventos fortes das tempestades que eles acompanham e não conseguem ser vistos imediatamente. Até que fiquem mais fortes e comecem a acumular detritos, os tornados são quase transparentes ao olho nu. Se ele se formam sobre a água, tomará a forma de uma bica. Isso é comum nos estados ao longo do golfo dos EUA.

Tipo de tornados

Cerca de 70% de todos os tornados são considerados "fracos", com ventos que chegam, no máximo, a 176 km/h. Esses duram de um a dez minutos e registram menos de 5% das mortes causadas por tornados. Tornados fortes possuem ventos cuja velocidade varia entre 176 e 328 km/h e são quase 30% de todos os tornados. Eles duram 20 minutos ou mais, e contribuem para 30% de todas as mortes causadas por tornados. Tornados violentos são apenas 2% de todas as ocorrências, mas eles são responsáveis pela maioria das fatalidades. Eles podem ficar no chão por mais de uma hora e seus ventos ultrapassam a velocidade de 400 km/h

As causas e efeitos dos tornados
A força de um tornado irá determinar quanto dano ele poderá fazer às áreas circunvizinhas (Thinkstock Images/Comstock/Getty Images)

Efeitos

A maioria dos danos estruturais durante um tornado são devidas às altas velocidades do vento e os detritos que são jogados por ele. Por exemplo, um tornado forte ou violento pode levantar objetos grandes como árvores e mandá-los voando pelo ar como mísseis. Um tornado breve pode deixar apenas alguns metros de danos, um tornado grande que fique no chão pode criar um rastro de destruição por até 80 Km. O tornado de 2007 que destruiu 95% da cidade de Greensburg, no estado do Kansas tinha no máximo 3 km de largura e produzia ventos de 328 km/h. A tempestade matou 11 pessoas e deixou um volume de aproximadamente 800 mil metros cúbicos de detritos. Os esforços para reconstruir a cidade como uma cidade ecologicamente correta virou o foco de uma série de TV por assinatura chamada "Greensburg".

As causas e efeitos dos tornados
Essas casas e trailers foram completamente destruídas por um tornado (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível