Causas de inchaço e dor na parte inferior de apenas uma das pernas

Escrito por sharon perkins | Traduzido por gilber de oliveira sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Causas de inchaço e dor na parte inferior de apenas uma das pernas
Inchaço e dor na perna possuem várias causas, algumas potencialmente graves (Leg care image by MAXFX from Fotolia.com)

Dor e inchaço em apenas uma das pernas ocorrem, na maioria das vezes, devido a um trauma ou doença no membro afetado, ao invés de uma patologia sistêmica. Uma série de condições (algumas graves) podem fazer uma perna inchar e doer. Dor e inchaço nas pernas merecem atenção médica, especialmente, se forem acompanhados de outros sintomas como vermelhidão, febre ou dor no peito.

Outras pessoas estão lendo

Trombose profunda

A formação de coágulos sanguíneos na perna, denominado trombose venosa profunda ou TVP, ocorre, geralmente, após uma lesão na veia ou uma diminuição do fluxo sanguíneo, o que permite a formação de coágulos. As pessoas que têm uma taxa de coagulação maior do que a habitual, por causa de tendências genéticas ou porque estão tomando medicamentos que promovem a coagulação, como pílulas anticoncepcionais, também podem desenvolver TVP. Em casos raros, as pessoas que se sentam por longos períodos sem mover as pernas, podem desenvolver TVP, embora isso, normalmente, só ocorra em pessoas com outros fatores de risco. A TVP pode causar inchaço nas pernas, sobre o local dos coágulos sanguíneos, dor ao toque e vermelhidão.

Um coágulo pode se soltar e viajar através dos vasos sanguíneos, hospedando-se, eventualmente, no sistema pulmonar. Isso é chamado de embolia pulmonar, um coágulo nesse sistema provoca dor no peito ou falta de ar e pode levar a colapso ou morte súbita. Medicamentos para ralear o sangue previnem os coágulos em pessoas sensíveis ou trata aquelas com TVP.

Celulite

A celulite é uma infecção bacteriana comum que causa dor, vermelhidão e inchaço. Ela ocorre com mais frequência na parte inferior da perna, acompanhada de febre e calor. A pele pode desenvolver pequenas manchas vermelhas ou bolhas. A lesão de algo pequeno, como uma picada de inseto no local, permite a entrada de bactérias e provoca celulite. As pessoas com sistema imunológico enfraquecido têm um risco maior de desenvolver celulite. O tratamento com antibióticos cura a infecção.

Linfedema

O acúmulo de líquido linfático em uma perna machucada, conhecido como linfedema, pode ocorrer após um trauma, câncer, cirurgia, infecção ou incidência de radiação. Em casos de câncer, onde os linfonodos na perna ou pélvis foram removidos, a Rede Nacional de Linfedema diz que "o inchaço leva à dor, uma sensação de peso na perna e uma diminuição da mobilidade do membro, tornando-a difícil de dobrar ou de sustentar o peso do corpo". A drenagem manual da área estimula a linfa a viajar para fora da área danificada e bandagens de compressão tratam o linfedema.

Insuficiência venosa profunda crônica

A TVP pode causar cicatrizes que resultam em dano permanente às válvulas na perna que mantêm o fluxo de sangue normal, uma condição chamada de insuficiência venosa profunda crônica. Edemas se acumulam na parte inferior da perna, causando inchaço, vermelhidão, coceira e descamação. A dor ocorre quando se está em pé ou andando. A pele se torna frágil sobre as lesões e se rasga facilmente, resultando em úlceras e feridas. Bandagens de compressão ajudam a reduzir o inchaço na perna.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível