Causas e problemas do crescimento da população

Escrito por contributing writer | Traduzido por guilherme ferreira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Causas e problemas do crescimento da população
Crescimento da população (3d earth image by Zoltán Pataki from Fotolia.com)

O crescimento da população é um problema global e causa de preocupação para toda a raça humana. Devido ao aumento recente da população ao redor do mundo, é importante se instruir e ficar ciente dos fatores que fazem as populações crescerem e os problemas que ocorrem devido a esse crescimento.

Outras pessoas estão lendo

História

Historicamente, a população em áreas ao redor do mundo tem se mantido relativamente estável. Os humanos existem no planeta há séculos, vivendo o bastante para se reproduzirem com sucesso, e sua prole, por sua vez, faz a mesma coisa para a próxima geração. Enquanto gerações anteriores de humanos geralmente não viviam muito se comparadas aos padrões atuais, historicamente falando, a população ficou um tanto quanto estável. Qualquer crescimento ou diminuição do tamanho da população era o resultado de fatores naturais, como excesso ou falta de comida, ou mudança ambiental de qualquer tipo. Entretanto, nos últimos séculos houve um aumento drástico no tamanho da população devido ao crescimento rápido da população a nível global.

Teorias e especulações

Descobertas científicas levaram a uma variedade de avanços tecnológicos e invenções que impactaram significativamente nas vidas das pessoas. Esses desenvolvimentos consequentemente levaram à industrialização e fizeram a produção mais eficiente do que antes. Isso levou a melhorias na qualidade de vida; as pessoas podiam ter moradia e roupas, e suas famílias também. Sobreviver a invernos rigorosos sem morrer ou adoecer agora era possível devido aos sistemas de aquecimento que permitiam que as pessoas se aquecessem, assim como peças de vestuário apropriadas. Avanços na ciência possibilitaram às pessoas cuidar melhor de si mesmas por meio da prática de higiene básica, além de estoque e refrigeração de comida. O resultado da vida mais saudável das pessoas levou a uma vida mais longa e a população cresceu.

Efeitos

O aumento na longevidade humana afetou a quantidade de crianças que podiam ter durantes seus anos reprodutivos. Além disso, melhorias na saúde básica significaram que muitas proles, se não todas, sobreviveriam até que também pudessem ter filhos. Enquanto muitos costumavam morrer ainda bebês, a medicina moderna, combinada com uma nutrição melhor durante a gravidez, possibilitou para a mãe dar à luz crianças saudáveis. Tornou-se comum ver famílias de multigerações, com avós e bisavós sobrevivendo para verem seus descendentes. O crescimento da população ocorreu de forma mais rápida porque as pessoas tinham mais filhos e a terceira idade se tornou algo comum. Entretanto, enquanto as nações ocidentais estavam apenas começando a perceber que era hora de ter menos filhos, os países menos desenvolvidos começaram a adquirir muitos desses avanços e suas populações cresceram repentinamente.

Significância

O crescimento da população resultou em uma superpopulação em um nível nacional e global. A demanda por comida, abrigo e outros elementos necessários para a sobrevivência tem prejudicado os recursos naturais do planeta. Terras aráveis existentes produzem muita comida, mas as pessoas no mundo continuam a passar fome porque as populações cresceram tão significativamente que distribuir comida para todos é um pesadelo logístico e político. Muitos indivíduos em países com superpopulação extrema continuam a se reproduzir, apesar da falta de recursos para sustentar seus filhos. O tamanho do problema da população no mundo é gigantesco. Quem mora em países em desenvolvimento já sente isso e é uma questão de tempo antes do problema da população começar a impactar negativamente os indivíduos nas nações ocidentais, apesar dos métodos de controle de natalidade que podem ser usados em alguns países.

Prevenção e solução

Para minimizar o crescimento atual e futuro da população, um esforço global terá que ser feito por países que podem se dar ao luxo de fazer isso. Isso significa educar aqueles em países menos ricos acerca da função e uso dos vários métodos de controle de natalidade e conscientizar do tamanho do problema que gera o crescimento da população. É importante perceber que muitos lugares do mundo ainda não possuem tecnologia, como a internet e televisão, ou podem não ter acesso a recursos educacionais. A educação é o passo principal na solução do crescimento da população porque as escolhas acerca da reprodução dificilmente são alteradas sem uma conscientização dos problemas da população. As pessoas precisam ter menos filhos para diminuir o crescimento populacional.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível