Como festejar o Carnaval em São Paulo

Escrito por pedro santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como festejar o Carnaval em São Paulo
Cada vez mais forte, o Carnaval de rua de São Paulo vai ganhando mais adeptos (Getty Images)

Comparado com o Carnaval de outros lugares do País, especialmente as festas de Salvador, Rio de Janeiro e Ouro Preto, a folia paulistana pode parecer uma opção menor. Mas é só impressão. A festa da cidade de São Paulo pode ser tão animadoa quanto as do resto do Brasil. Aliás, nas décadas de 50 e 60, o Carnaval de rua da capital paulista era bastante tradicional, especialmente quando reunia pessoas e agremiações de nacionalidades diferentes nos bairros do Brás e Bexiga. Hoje, a festa acontece principalmente no sambódromo da cidade, por onde passam alguns dos maiores desfiles do País.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Roupas confortáveis
  • Computador com acesso à internet
  • Impressora
  • Guarda-chuva
  • Confete e serpentina
  • Barras de cereais
  • Água para se hidratar durante a festa
  • Passe de ônibus para o trajeto
  • Telefone do táxi

Lista completaMinimizar

Instruções

    Escolas de samba

  1. 1

    Se você gosta de ver os desfiles das escolas de samba, o Carnaval de São Paulo é um prato cheio. Isso porque, todos os anos, a cidade traz desfiles de agremiações tradicionais como Vai-Vai, Gaviões da Fiel, Nenê da Vila Matilde e Mocidade Alegre, entre outras escolas de renome.

  2. 2

    Para assistir ao desfile no Sambódromo do Anhembi, localizado na zona norte da cidade, é preciso, em primeiro lugar, ter paciência para conseguir um ingresso. A briga para ver o carnaval paulistano de um lugar privilegiado no Sambódromo costuma ser acirrada. É preciso ficar ligado no site Ingresso Fácil (www.ingressofacil.com.br), empresa responsável pela venda das entradas. As compras podem ser feitas online ou no próprio Sambódromo. Os ingressos variam de R$ 80 (arquibancada) a R$ 2.500 (pista).

  3. 3

    Outra opção, para os foliões mais caseiros, é juntar os amigos e assistir ao desfile em casa. Com as opções especiais dos planos de TV à cabo, é possível assistir ao espetáculo de vários ângulos diferentes. A diversão é garantida.

    Blocos de rua

  1. 1

    Por outro lado, se assistir aos desfiles das escolas de samba não agrada você, que tal viver a experiência do Carnaval de rua? Graças à diversidade de culturas que habitam a cidade de São Paulo, ainda existem espaços onde é possível conhecer a típico festa de rua.

  2. 2

    Entre os blocos mais famosos estão a Banda do Trem Elétrico, que se concentra na Rua Augusta, bairro da Consolação, e o Desfile de Bonecões, que acontece no Museu da Língua Portuguesa.

  3. 3

    Cheque com antecedência como chegar ao endereço da festa. Leve em consideração que o trânsito na capital paulista costuma ser caótico. Planeje seu itinerário com cuidado. Aplicativos de smartphone como o Google Maps e o Waze indicam pontos com maior congestionamento e trajetos alternativos.

  4. 4

    Os blocos desfilam principalmente pelas ruas do Centro e dos bairros Vila Madalena, mas cada bairro de São Paulo costuma manter a tradição dos blocos carnavalescos. As festas de rua costumam ser bastante animada. Tenha sempre um número do táxi para o caso de exagerar na bebida na hora da folia.

  5. 5

    As festas de rua são à céu aberto. Por isso, lembre-se de checar a previsão do tempo antes de sair de casa: aquele solzão pode dar lugar a um temporal em poucas horas. Nesse caso, uma capa ou guarda-chuva vão bem.

    Outras festas

  1. 1

    Para quem não gosta dos desfiles nem dos carnavais de rua, a capital paulista ainda apresenta uma série de outras opções para celebrar o Carnaval. As noitadas agradam os foliões dos mais diversos estilos.

  2. 2

    Entre as festas mais tradicionais estão as noites de música eletrônica nas baladas da região da Vila Olímpia e o Carnatrash, no Clube Caravaggio, localizado no Centro da cidade.

  3. 3

    Compre seu ingresso com antecedência pela internet ou direto no guichê da casa noturna. As entradas nessa época do ano são bastante disputadas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível