Saúde

O que são células epiteliais escamosas?

Escrito por beth celli | Traduzido por luiz carlos de frança júnior
O que são células epiteliais escamosas?

Células epiteliais escamosas podem ser simples ou estratificadas

Duncan Smith/Stockbyte/Getty Images

As células epiteliais são os blocos de construção do tecido epitelial e formam grandes camadas que cobrem toda a superfície exterior do corpo, ajudando a formar a pele. As células epiteliais escamosas são finas e lisas. Elas se assemelham a escamas de peixes. Células escamosas simples são dispostas numa única camada, enquanto que as estratificadas são dispostas em duas ou mais.

Simples ou estratificadas

Células epiteliais escamosas simples organizar-se em uma única camada. Uma vez que o tecido que formam é muito fino, ele é geralmente encontrado em áreas que necessitam de uma membrana fina para permitir o transporte de nutrientes ou a difusão ou filtração de resíduos. O tecido epitelial estratificado escamoso é formado quando as células se dispõem em duas ou mais camadas. Este é o tipo mais comum de epitélio, sendo menos susceptíveis a danos, uma vez que são mais grossos e mais fortes.

Localização

Células epiteliais escamosas simples são encontradas nas paredes dos capilares, nos alvéolos pulmonares (ou sacos alveolares) e nos rins. As células epiteliais estratificadas estão localizadas na camada exterior da pele e também em todas as aberturas corporais.

Função

Células epiteliais escamosas simples executam algumas funções vitais no corpo humano. Nos capilares, permitem a troca de oxigênio, nutrientes e resíduos. As células que estão localizadas nos pulmões permitem a difusão, ou o transporte, de oxigênio e dióxido de carbono. Esta é uma função essencial na circulação. As células escamosas encontradas nos rins trabalham para filtrar a água e eletrólitos.

Cânceres

A maioria dos cânceres são os de células epiteliais, também chamados de carcinomas. Uma vez que as células epiteliais escamosas são encontradas na maior parte dos órgãos e na pele, existe um grande potencial para serem afetadas em múltiplas áreas. O carcinoma espinocelular é o segundo tipo mais comum de câncer de pele e é normalmente tratável.

Exposição perigosa

Já que o carcinoma espinocelular é tão comum, é importante saber o que causa a doença. A exposição solar é um fator de risco em todos os tipos de câncer de pele. A exposição à radiação, seja ambiental ou terapêutica, também é um fator que contribui para muitos casos de carcinoma de células escamosas. Um sistema imunológico comprometido também pode contribuir para a doença. Pessoas com pele mais clara são mais propensas ao carcinoma de células escamosas e todos devem limitar sua exposição a riscos potenciais.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media