Mais
×

Como centralizar uma furadeira

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Centralizar uma furadeira pode ser uma habilidade muito importante que você vai usar, se estiver localizando posições para a abertura de furos com base em especificações do rótulo. A fim de perfurar com sucesso os locais corretos, você deve ser capaz de forma rápida e precisa encontrar o centro através de um indicador de aresta. Com um pouco de prática e uma calculadora, pode-se encontrar o centro em ambos os eixos X e Y em questão de minutos.

Instruções

Centralizar uma furadeira é essencial para a localização precisa do furo (drill press image by Nancy Ottenweller from Fotolia.com)
  1. Coloque uma bucha no eixo da furadeira, que pode acomodar vários tamanhos de mandris de broca para todas as suas operações de perfuração. Insira o mandril que pode facilmente acomodar a broca que você irá usar.

  2. Coloque um indicador de aresta, que muitas vezes também é conhecido como um localizador de centro, no mandril e aperte-o no lugar usando a chave de mandril. Empurre a parte inferior do indicador de aresta para que não fique concêntrica com o corpo principal do indicador de aresta.

  3. Ligue o mandril. Chegue até cerca de 1000 rpms. Abaixe a ponta do localizador de aresta até o lado do material que se está perfurando, que pode ser de qualquer formato ou tamanho, para encontrar seu centro. Continue movendo o material até que a peça não centralizada e o corpo se alinhem. Continue a mover na mesma direção até que a peça anteriormente não centrada se rompa e se torne não centralizada mais uma vez.

  4. Eleve a bobina, que neste caso é o eixo, e mova o material, de modo que o centro da aresta fique centrado sobre a borda exata. Isto é feito movendo o material a ser perfurado, no mesmo sentido, metade do diâmetro da ponta da aresta. O diâmetro pode variar muito, dependendo do estilo de aresta utilizada, por isso, meça a ponta antes de iniciar ou desligue o eixo e o meça neste momento.

  5. Meça a largura total do material e divida por dois. Mova na distância calculada e marque com um pedaço paralelo ou outro para que se possa centralizá-lo ao longo do eixo Y também.

  6. Repita o processo feito com o eixo X, com o eixo Y, movendo o material novamente, mas de frente para trás, em vez de lado a lado. Você pode fazer isso usando a parte dianteira ou traseira como ponto de partida.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article