Como fazer um chapéu vitoriano

Escrito por patrice lesco | Traduzido por roberta izidoro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer um chapéu vitoriano
Mulher com chapéu vitoriano (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)

Apesar dos diferentes tipos e tamanhos de chapéus vitorianos, há muitas similaridades entre eles. Por exemplo, o uso de flores, fitas e veludo é um aspecto típico desse tipo de chapéu, assim como as cores ricas e os laços. Os chapéus vitorianos no estilo 'touca com flores' cobrem parte da cabeça e parecem cair sobre ela. Esse tipo de chapéu pode ser caro para se comprar, então, você pode fazer um em casa a um preço mais acessível com a ajuda de alguns utensílios, imaginação e um pouco do seu tempo.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Fita métrica
  • Papel
  • Arame de cabide
  • Cortador de arame
  • Veludo
  • Agulha
  • Linha
  • Flores
  • Folhas

Lista completaMinimizar

Instruções

    Moldura do chapéu

  1. 1

    Primeiramente, meça sua cabeça, o comprimento de uma orelha até a outra passando pelo topo de sua cabeça. Depois meça o comprimento partindo to topo de sua testa até o topo da parte detrás de sua cabeça. Enquanto o chapéu ainda não foi ajustado, já que chapéus modernos vêm prontos para o tamanho de sua cabeça, essas medidas determinarão a largura e o comprimento deste.

  2. 2

    Marque as medidas em um papel e a partir delas desenhe a forma de seu chapéu, que servirá de molde para a base de arame do chapéu. Feito isso, desenhe uma meia-lua cujo arco central representa o centro de sua cabeça. Estenda as extremidades da meia-lua o tanto que desejar, criando assim as abas dianteiras e traseiras do chapéu.

  3. 3

    Desenhe uma curva passando por baixo e ligando as extremidades da meia-lua. Essa parte do chapéu ficará tombada para um dos lados de sua cabeça. Desenhe mais duas curvas, distantes uma da outra, passando através do molde entre as linhas superiores e inferiores deste.

  4. 4

    Desenhe um arco a partir da curva na parte de baixo do molde até o centro da meia-lua e voltando para a curva. Essa linha representa o arame de suporte do chapéu.

  5. 5

    Use o arame do cabide para criar as linhas do chapéu desenhadas no molde e adicione o arame de suporte por último. Amarre as extremidades dos arames e corte os excessos com a ajuda dos cortadores. Use o molde de papel para definir e medir as dimensões deles.

    As duas primeiras camadas

  1. 1

    Junte o veludo de sua cor favorita ao aro inferior do molde de arame (use 1,3 m de veludo de 2,5 cm de largura). Deixe 2,5 cm de tecido solto na extremidade e comece a juntá-lo ao aro do chapéu. Costure o cordão de veludo à borda ligada a meia-lua. Finalmente, dê um nó na linha e corte-a com a tesoura.

  2. 2

    Torça o veludo com certa firmza, mas não muito firme, e conforme for torcendo cada parte da fita de veludo, costure-a ao arame do chapéu. Continue torcendo e costurando o tecido até que cubra o aro por completo. Deixe 2,55 cm de tecido pendurado ao final do aro e corte os excessos.

  3. 3

    Enrole os excessos de tecido de cada uma das extremidades do arco do chapéu para formar um laço e junte-os ao molde com a ajuda de linha e agulha.

  4. 4

    Costure a extremidade de mais um arco e 46 cm de filamento de veludo ao segundo arame que passa através do chapéu e continue a torcer o tecido. Em seguida, costure o tecido até que todo o arame esteja coberto. Não faça nenhum laço ao final da segunda fileira de arame. Após costurar a fita de veludo à segunda fileira de arame, costure as extremidades da segunda fileira aos laços da primeira, afim de segurar o tecido.

    Coroa

  1. 1

    Anexe um ramo de flores à terceira fileira de arame perto da coroa. As flores devem ser pequenas e podem ser misturadas com folhas. Torça os caules ao redor do arame para fixá-las.

  2. 2

    Anexe flores maiores através do topo da coroa. As flores na parte da frente da coroa devem ser menores e as na parte detrás, maiores. Anexe as flores amarrando os caules ao redor do arame com firmeza para que não caiam.

  3. 3

    Faça um arco com 79 cm de veludo de 2,5 a 5 cm de largura.

  4. 4

    Costure o arco junto à armação de arame na parte detrás do chapéu. Costure através da parte atada do arco e finalmente dê um nó na linha.

Dicas & Advertências

  • Amores-perfeitos, violetas, não-me-esqueçam e rosas são flores comumente usadas em chapéus vitorianos.
  • Âmbar, verde, vermelho e lavanda são cores bastante comuns nesses chapéus.
  • Ao torcer o tecido de seu chapéu, torça-o folgadamente para um melhor aspecto do tecido.
  • Adicione ornamentos ao seu chapéu, como pequenas borboletas, laços e tule.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível