O que fazer quando seu chefe o ofender?

Escrito por derek dowell | Traduzido por raquel l. pontes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que fazer quando seu chefe o ofender?
O que fazer se seu chefe o ofender (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Se você trabalha em um ambiente de escritório por algum período de tempo, há chances de que, mais cedo ou mais tarde, seu chefe o ofenda de propósito ou acidentalmente. Como você responde pode ser a diferença entre manter seu emprego ou aprender o que é ser o número 42 em uma longa fila de desempregados. A natureza humana muitas vezes opta por uma resposta dura que pode ou não ser necessária. Antes de começar a retocar seu currículo, considere o seguinte.

Outras pessoas estão lendo

Olhe para dentro

A menos que a ofensa seja assédio sexual explícito ou outra forma de discriminação, talvez a primeira coisa a fazer quando seu chefe o irritar é fechar a boca e olhar para dentro. Ele realmente quis dizer o que você pensa ou você estava procurando um motivo para ser ofendido? Se o comentário é sobre seu trabalho, é uma afirmação válida? De qualquer maneira, tente ficar quieto por um momento e usar o cérebro para analisar o que acabou de acontecer.

Desabafo

Quando você presta atenção à natureza humana, percebe que muitas vezes declarações ofensivas são válvulas de escape. Seu chefe pode nem ter realmente um problema com você, mas você estava no caminho e o desabafo aconteceu. Não é possível discutir com emoções. Ao invés disso, tente um simples "É uma pena que você se sinta dessa maneira" para desarmar o momento.

Documento

Se seu chefe diz algo ofensivo a você, anote. Descreva o incidente. Documento em termos claros e sem emoção. Se houve testemunhas, melhor ainda. Esse é um bom hábito quando se trata de proteger um dos seus mais importantes bens, seu trabalho, especialmente se acontecerem processos decorrentes do comentário.

A opção dos recursos humanos

Em algum momento, se sua companhia for grande o suficiente, pode ser hora de ir até o departamento de recursos humanos. Marque uma reunião com o gerente do departamento e pergunte se ela pode ser feita em total segredo. Veja se você pode arranjar dois ou três colegas para irem junto. A corroboração de suas acusações é uma grande ajuda. Tenha fatos documentados prontos para entregar na reunião. Acusações gerais não irão levá-lo a lugar algum. Se os comentários forem muito ruins, deixe o recursos humanos saber que, a não ser que algo mude, há uma possibilidade de processos por causa de discriminação/assédio. Em uma boa companhia, o problema será corrigido. Em uma companhia mal administrada, você pode ter que seguir em frente com a ação legal ou simplesmente decidir sair de seu emprego e encontrar algo melhor.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível