De onde vem a ciclosporina?

Escrito por beth richards | Traduzido por aline cortez
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
De onde vem a ciclosporina?
A ciclosporina é derivada de um fungo (Cyclosporin fungi courtesy T.Vulk)

Outras pessoas estão lendo

A ciclosporina

A ciclosporina é uma droga usada para suprimir o sistema imunológico. Normalmente, é administrada a pacientes que passaram por cirurgias de transplantes, prevenindo reações imunológicas que causam rejeição. A ciclosporina é derivada de um fungo.

História

A ciclosporina foi extraída pela primeira vez do fungo Tolypocladium inflatum Gams, também chamado Beauveria nivea, em 1970. Jean Borel e outros cientistas da Sandoz (hoje Novartis) na Basileia, Suíça, descobriram as propriedades imunossupressoras da ciclosporina em amostras de solo dos Estados Unidos e da Noruega.

Função

Diferentemente de outros imunossupressores da época da sua descoberta, a ciclosporina suprimia especificamente células T. Parte da linhagem de linfócitos, as células T participam de reações imunológicas do corpo a certos antígenos. A ciclosporina é um peptídeo fúngico. Peptídeos são compostos orgânicos constituídos aminoácidos e ligados quimicamente por ligações peptídicas. A ciclosporina é uma proteína de 11 aminoácidos produzida por microrganismos fúngicos.

Usos

A ciclosporina vem sendo pesquisada para transplantes de pele, coração, rim, fígado, pulmão, pâncreas, medula óssea e intestino delgado. Essa substância imunossupressora também é usada no tratamento de artrite reumatoide, doença de Crohn, síndrome do intestino irritável, alopecia (queda de cabelo não uniforme) e problemas de pele como a psoríase. A ciclosporina é também prescrita nos Estados Unidos como pomada oftálmica para olhos secos.

Outros nomes da ciclosporina

A ciclosporina é vendida sob os nomes de Gengraf, Neoral, Sandimmune, Sandoz Cyclosporine e Restasis.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível