O que é ciência normativa e descritiva?

Escrito por john london | Traduzido por ágata erhart
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é ciência normativa e descritiva?
A maioria das ciências é descritiva (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

A ciência foi dividida há muito tempo em duas escolas para descrever suas diferentes funções: descritiva e normativa. Em qualquer pesquisa científica um cientista pode dizer que está seguindo uma das duas abordagens, e existem ramos da ciência que podem ser descritos também dessas duas maneiras. De um modo geral, a ciência descritiva tem uma abordagem experimental e factual e procura estabelecer fatos claros e perceptíveis, enquanto a normativa procura explicar e melhorar as coisas. Campos como a física e a biologia são classificados como descritivos, enquanto ética é considerada normativa, embora métodos descritivos possam ser usados nessa área.

Outras pessoas estão lendo

Ciência descritiva

Ciências descritivas procuram descrever, medir, compreender e registrar as realidades mensuráveis ao nosso redor. Essas ciências possuem uma abordagem experimental na sua metodologia, como a química e a física. Elas produzem fatos perceptíveis e firmes e medidas como "a água é composta de duas partes de hidrogênio e uma parte de oxigênio". O propósito da ciência descritiva é descobrir como mundo realmente é, ou seja, o que nós realmente sabemos através dessas medidas verificáveis.

Investigação descritiva

A metodologia de investigação descritiva usa experimentos e medidas. Essas ciências buscam estabelecer fatos verificáveis demonstrando resultados consistentes através de repetidas experiências. No caso da ética ou da filosofia, procura-se estabelecer fatos sobre como as pessoas se comportam ou pensam através da medição de quantidades observáveis, como o uso de estatísticas para saber quantas pessoas sofrem de determinado problema mental ou mantêm certos valores morais.

Ciência normativa

As ciências normativas estão evoluindo e buscando descobrir como as coisas deveriam ser. Em áreas como a ética, são feitas perguntas como "a pena de morte é correta?", enquanto nas ciências descritivas irá ocorrer a descoberta de fatos como "qual a porcentagem de pessoas que acreditam que a pena de morte é correta?". As ciências normativas procuram descobrir "boas" formas de realizar coisas, ou a maneira "correta" de se pensar. As três ciências normativas reconhecidas são estética, ética e filosofia.

Investigação normativa

Para tomar decisões ou fazer pronunciamentos sobre se algo é "bom" ou "correto", as ciências normativas devem operar de acordo com um conjunto de normas e crenças. Elas devem saber como as pessoas já pensam e se comportam, quais são as suas crenças e pensamentos, para poder estabelecer as normas segundo as quais podem formar o que são essencialmente julgamentos de valores. As ciências normativas descobrem como as coisas são e buscam formas de melhorá-las.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível