×
Loading ...

Os cinco estágios de desenvolvimento de uma empresa

Atualizado em 23 março, 2017

Desde o seu início, as organizações passam por estágios de desenvolvimento. Uma pequena empresa normalmente passa por cinco estágios. O ambiente organizacional em cada fase é único e cada etapa tem sua parcela de dificuldades. Enfrentar e superar os problemas em cada fase impulsiona o desenvolvimento organizacional. A seguir estão os cinco estágios de desenvolvimento de uma empresa.

Os cinco estágios de desenvolvimento das organizações (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Existência

O negócio está sendo estabelecido e o objetivo principal é apenas existir. O foco é encontrar clientes suficientes para que a empresa seja viável. Ela precisa de recursos suficientes para atender às consideráveis demandas de dinheiro ​​desta fase. O proprietário está geralmente muito envolvido e supervisiona tudo diretamente. Os sistemas são mínimos e a força dos funcionários é baixa. A principal preocupação é a produção de produtos e serviços e como vendê-los.

Loading...

Sobrevivência

A empresa tem clientes satisfeitos em número suficiente para se tornar uma entidade viável. Agora, precisa começar a lucrar. É essencial gerar dinheiro para se manter no mercado e financiar o crescimento para se tornar competitiva. Embora alguns funcionários sejam contratados, todas as decisões importantes são do proprietário. O desenvolvimento de sistemas ainda é mínimo. A maioria das empresas permanece na fase de sobrevivência, sendo liquidadas quando o proprietário decide se aposentar.

Sucesso

O negócio agora gera lucros na média ou acima dela. A receita é utilizada para formalizar as funções de negócios. As decisões nesta fase incluem contratação de pessoal profissional e mudança para um espaço de escritório ampliado para atender melhor à base de clientes. Sistemas básicos de marketing, financeiro e produção estão no ar. O objetivo essencial desta fase é manter o status quo. Muitas pequenas empresas permanecem nesta fase por um longo tempo, desde que não haja nenhuma mudança drástica no ambiente de negócios externo ou perda de competitividade devido a uma gestão ineficiente.

Decolagem

A empresa agora tem um histórico de rentabilidade. A chave nesta fase é crescer rapidamente e encontrar meios de financiar esse crescimento. Decisões sobre a inclusão de novos produtos e linhas de produtos são tomadas nesta fase. A organização tem divisões específicas, geralmente produção e vendas, lideradas por gerentes competentes. Os sistemas se tornam mais refinados para atender aos crescentes desafios. O planejamento e previsão precisos tornam-se fundamentais para o negócio. O proprietário deve apoiar a empresa nesta fase, delegando responsabilidades à equipe profissional.

Maturidade dos recursos

Nesta fase, a empresa tem sistemas extensivos no ar. Ela deve consolidar e controlar os ganhos financeiros trazidos pelo crescimento, além de dispor de sistemas e pessoal adequados para cumprir o seu crescimento e as metas de vendas crescentes. Este é o momento para a empresa inovar e renovar-se. A falta de novas ideias pode corroer a rentabilidade, causando assim a perda da vantagem competitiva. É preciso se proteger contra esta perda.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...