Cinco passos para envernizar argila

Escrito por lily potter | Traduzido por luiza g. brando
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Cinco passos para envernizar argila
Envernizar a cerâmica em casa não requer mais ferramentas caras (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Há algum tempo, fazer a sua própria cerâmica requeria um forno, ferramentas caras e ensino especializado. Atualmente, é possível encontrar muitos produtos modernos que tornam a experimentação com argila e as técnicas de acabamento muito mais rápidas e econômicas. A argila de polímero é ideal para ser usada em casa e, apesar de não requerer esmaltação, você precisará de um forno e perspicácia se quiser envernizá-la. Como a argila de polímero já vem pigmentada, você só precisa decidir se quer um acabamento fosco ou brilhante.

Outras pessoas estão lendo

Limpe a cerâmica

Antes de começar a esmaltar a cerâmica, certifique-se de que a peça terminada esteja limpa, seca e suave. Limpe qualquer sujeira superficial com uma toalha limpa e água. Para sujeiras mais persistentes, utilize detergente e água. Lixe e lustre qualquer protuberância ou irregularidade.

Aplique o verniz

Há duas técnicas básicas utilizadas para esmaltar. Mergulhe a cerâmica no verniz ou aplique-o com um pincel. Se for usar o pincel, prepare-o umedecendo-o. Isso evitará que o ar fique preso nele. Molhe-o abundantemente e retire o excesso de água. Passe o verniz na cerâmica com o pincel, tomando cuidado para cobrir a superfície inteira. Se for utilizar a técnica de imersão, coloque a cerâmica no verniz, girando-a sobre um jornal a fim de fazer com que o excesso escorra e garantir que cubra a superfície completamente.

Camadas adicionais

Certifique-se de que o verniz esteja completamente seco antes de aplicar qualquer camada adicional. Deixe a cerâmica secar ao ar livre em uma bancada de trabalho, garantindo que não esteja mais pegajosa antes de aplicar mais verniz. Se você tiver pouco tempo, seque a cerâmica no forno aquecido a 90ºC por 10 minutos. Ao utilizar o método do forno, espere a peça estar completamente fria antes de trabalhar novamente nela. O verniz aplicado à cerâmica quente fica com consistência diferente da do aplicado à cerâmica fria e pode acabar criando bolhas de ar.

Seque o verniz

Após aplicar o verniz, certifique-se de que ele fique totalmente seco. Faça isso colocando a peça no forno aquecido a 90ºC durante 10 minutos ou deixe-o secar ao ar livre. Tenha cuidado ao selecionar uma superfície de trabalho. O verniz não só pode sujar a superfície, como materiais como jornais podem grudar nele, destruindo todo o seu trabalho. Papel pardo ou papel de embrulho, usados junto com suportes de arame, ajudam a preservar as bancadas e a cerâmica.

Lixar e lustrar

Depois de a cerâmica ter esfriado completamente, lixe e lustre o verniz. Utilize uma lixa de granulação fina a fim de remover gentilmente qualquer imperfeição e dar à peça uma cobertura uniforme. Não lustre muito o verniz, apenas o suficiente para remover eventuais marcas de pincel, caroços ou gotas. Quando terminar, use um tecido macio e limpo para polimento para remover a poeira do assoreamento e dar ao verniz uma luminosidade suave ou alto brilho.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível