A cirurgia é a cura da rinite alérgica?

Escrito por elizabeth chaplin | Traduzido por marcella narvaes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A cirurgia é a cura da rinite alérgica?
A cirurgia não oferece cura, mas pode ser uma boa ajuda (Photos courtesy of Evah Smit and Stock.Xchng.)

A rinite alérgica é uma das doenças mais comuns hoje em dia. Infelizmente, não há cura para a rinite alérgica, mesmo com cirurgia, mas há maneiras de tratar essa aflição. Em alguns casos, a cirurgia pode ser recomendada para ajudar a tratá-la, juntamente com outras terapias que podem auxiliar na rotina diária.

Outras pessoas estão lendo

Descrição

A rinite alérgica ocorre quando uma pessoa sofre de um bloqueamento ou inflamação das vias nasais, devido a alérgenos tanto de ambientes internos como do ar livre. Algumas pessoas são afetadas por essa rinite o ano todo, outras têm reações apenas em certas épocas, geralmente chamadas de alergias sazonais. A rinite alérgica geralmente se manifesta antes dos 30 anos e pode afetar a pessoa durante sua vida inteira. É comumente considerada como passada para crianças por pais que também sofrem da doença.

Sintomas

Quem sofre com a doença reclama de gotejamento retronasal consistente, olhos lacrimejantes e ardentes, convulsões de espirros recorrentes, congestão nasal, dores de cabeça e fadiga. Também há atribuições físicas relacionadas com a rinite alérgica, como olheiras escuras, vermelhidão na parte branca dos olhos, pálpebras inchadas e dobras embaixo dos olhos. Muitas pessoas também têm pólipos nasais, que podem ser removidos cirurgicamente.

Cirurgia

Apesar de a cirurgia não poder curar a rinite alérgica, ela pode ajudar a facilitar o tratamento. Por exemplo, se o nariz do paciente tem qualquer tipo de deficiência física que pode inibir a respiração, isso pode agravar a rinite alérgica. Há dois tipos de cirurgias que podem ser realizadas para aliviar esses problemas. O primeiro é a cirurgia endoscópica, que ajuda a remover os pólipos nasais ou um desvio do septo (nariz torto). Outra cirurgia é a timpanotomia, ou drenagem dos fluidos da orelha. Tubos de ventilação podem ser inseridos na orelha (timpanotomia), o que é geralmente feito em crianças que têm muitas infecções do ouvido.

Medicações

Medicações encontradas em farmácias são uma boa fonte de alívio imediato para pessoas que sofrem com uma rinite alérgica leve ou sazonal. Contudo, se seus sintomas são mais graves, você precisa de uma prescrição médica apropriada. Anti-histamínicos, que ajudam a bloquear as reações alérgicas, podem ser tomados oralmente ou aplicados na pele com loções e pomadas. Descongestionantes nasais ajudam a quebrar os bloqueios nos seios paranasais e ajudam a aliviar dores de cabeça e ouvidos congestionados. Colírios ajudam a aliviar ardência e vermelhidão, e a hidratar os olhos. Corticosteroides nasais em spray também podem ajudar a aliviar os sintomas.

Imunoterapia

Imunoterapias, ou vacinas para alergias, podem ser dadas em casos graves de rinite alérgica. Basicamente, o alérgeno é injetado no sangue, começando com doses muito baixas. Com o tempo, a dosagem constantemente aumenta até que o sistema imunológico esteja menos sensível para aquele alérgeno em particular. Antes de prescrever a imunoterapia, o médico deve fazer um exame alérgico da pele ou do sangue para ver qual a substância o paciente tem reação alérgica. Pode ser um alérgeno ou mais de um.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível