Classificação das vigas

Escrito por diane evans | Traduzido por aline ferreira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Classificação das vigas
Vigas estruturais de um andaime (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

Uma viga é um componente horizontal linear que resiste a cargas verticais sobre sua extensão. As forças-peso são resultado da atividade gravitacional da Terra e agem em uma direção perpendicular ao eixo longitudinal da barra. Uma vez que o peso é colocado sobre a viga, as forças internas fornecem uma resistência à flexão. Os tipos de vigas são classificados de acordo com várias características estruturais.

Outras pessoas estão lendo

Categorias de vigas

Os arquitetos e engenheiros modelam as vigas fabricadas de vários materiais, como metal, madeira, concreto e plástico. Os modelos levam em consideração quanta carga e flexão a viga suportará antes de cair. Engenheiros classificam os tipos de viga de vários modos, de acordo com a geometria e o tamanho delas, a maneira pela qual elas são suportadas e sua localização em uma estrutura.

Classificação geométrica

Uma forma de classificação de vigas é a baseada na geometria da seção X. O perfil da viga inclui as formas das seções X: retangular, triangular, circular e seções de canal, além das adições das seções T e I. A classificação também depende dos tipos de suportes usados para fornecer restrição ao movimento da viga. Os suportes devem prever a rotação e o deslizamento da estrutura das vigas.

Classificação de acordo com os suportes

A classificação mais comum das vigas é baseada nas condições de suporte: (1) Cantiléver: uma extremidade da viga é fixada e a outra é livre; (2) Suporte simples: ambas as extremidades são suportadas; (3) Overhanging: uma ou duas das extremidades vão além do suporte; (4) Cantiléver escorado: uma das extremidades é fixa e a outra é suportada; (5) Fixa: ambas as extremidades da viga são fixadas rigidamente, para que não haja movimento; (6) Contínua: ambas as extremidades são suportadas e não há suportes intermediários por toda a extensão da viga.

Vigas em prédios e pontes

As vigas usadas em construções de prédios e pontes são classificadas segundo suas funções e localizações: (1) as traves são as vigas mais importantes que são espaçadas amplamente e suportam as cargas mais pesadas da estrutura; (2) as vigotas são colocadas mais proximamente e realizam o suporte das treliças para aumentar a força; (3) longarinas são as vigas longitudinais em pontes, que expandem o espaço entre as vigas do chão; (4) as madres são vigas de teto; (5) as cingidas são vigas horizontais de parede que resistem à envergadura causada pelo vento; (6) as padieiras são membros que coroam as aberturas de portas e janelas, já que dão suporte à parede.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível