Como o clima e a temperatura afetam as rochas?

Escrito por veronica mitchell | Traduzido por pina bastos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como o clima e a temperatura afetam as rochas?
A água movente pode causar a abrasão das rochas (yesnaby castle image by hazel proudlove from Fotolia.com)

As rochas podem ser gastas ou erodidas pelo clima por vários meios. A erosão química ocorre quando as rochas estão degradadas por reações químicas. Também existe grande variedade de formas de erosão física, inclusive muitas devido ao efeito da temperatura. Os tipos de erosão física ocorrendo como resultado da temperatura incluem a por cristalização e a por insolação; outros tipos de erosão física incluem intemperismo, descarregamento e abrasão.

Outras pessoas estão lendo

Erosão por cristalização

Quando os agentes químicos dentro de uma pedra se solidificam e formam cristais, muitas vezes mudam de volume, pressionando a estrutura da rocha circundante, o que pode levar as partículas de rocha a se quebrarem com o tempo. O exemplo mais comum desse tipo de erosão é chamado de degelo. A erosão por degelo ocorre principalmente em rochas porosas. A água é filtrada pelas fendas e buracos na rocha e, se ficar fria o suficiente para congelar, se expande. Essa ação força a fragmentação ou o buraco a aumentar. O congelamento e o degelo repetidos podem finalmente resultar na quebra ao meio da rocha. Esse tipo de erosão é comum em temperaturas e regiões polares, onde a temperatura frequentemente cai abaixo do congelamento.

Erosão por salinidade também pode ocorrer, mas é mais comum em regiões quentes e áridas. Os cristais de sal se formam quando a água evapora. A mudança de volume quando os sais de cristal se formam é menor do que o da água, mas ainda é grande o suficiente para exercer pressão significativa nas rochas circundantes.

Erosão por insolação

Muitas rochas são feitas de cristais, que, por sua vez, consistem de diferentes tipos de minerais. As rochas não conduzem bem o calor, e cada mineral se expande e se contrai em diferentes quantidades em resposta à mudança de temperatura. Minerais adjacentes expandindo-se repetidamente em diferentes quantidades pressionam a estrutura da rocha, e finalmente a ruptura pode acontecer. Esse tipo de erosão é mais comum em áreas sujeitas a grandes flutuações de temperatura diárias.

Intemperismo

O intemperismo ocorre como resultado da alternância de umidade e secura da rocha. Esse padrão pode levar ao acúmulo gradual de uma camada de moléculas de água entre os grãos da rocha. As camadas de água tornam-se cada vez mais grossas a cada fase de umidade e finalmente os grãos da rocha se partem. Esse processo é acelerado na presença de sulfato de sódio dissolvido.

Descarregamento

O descarregamento é mais comum em rochas ígneas formadas abaixo da superfície da terra em condições de alta pressão. Quando essas rochas são empurradas para a superfície pela atividade tectônica e pela erosão, a pressão gradualmente decresce. Esses descarregamentos da pressão resultam na aparência de fraturas horizontais na rocha.

Abrasão

A abrasão ocorre quando as rochas são gastas na sua superfície pelo contato físico repetido com outra superfície dura. As causas comuns da abrasão incluem o efeito da água em movimento, o que faz as pequenas rochas e pedras serem moídas na superfície de rochas maiores. O vento pode causar abrasão ao soprar partículas de areia através da superfície das rochas expostas. A abrasão também ocorre devido ao movimento das geleiras quando elas transportam partículas de rocha de um lugar para outro, erodindo superfícies de rochas subjacentes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível