Cloridrato de loperamida e queda capilar

Escrito por amanda jones | Traduzido por samuel silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Cloridrato de loperamida e queda capilar
Acredita-se que o uso prolongado da loperamida provoca a queda capilar (Medical Care image by JASON WINTER from Fotolia.com)

O cloridrato de loperamida, conhecido pelo nome comercial Imodium, é muitas vezes utilizado para o alívio da diarreia de curto prazo e crônica. É também indicado para a redução do volume de excrementos de ileostomias em pacientes com doença do intestino anterior. Um mito sobre o uso prolongado loperamida é que provoca a queda capilar.

Outras pessoas estão lendo

Uso adequado do cloridrato de loperamida

Recomenda-se que os adultos devem tomar 4 mg como dose inicial seguida de 2 mg após cada evacuação solta. As crianças de 2 a 6 anos de idade com diarreia de curto prazo devem tomar uma dose inicial de 3 mg; as de 6 a 8 anos devem tomar uma dose inicial de 4 mg e as crianças de 8 a 12 anos devem tomar uma dose inicial de 6 mg. Após o primeiro tratamento, as crianças devem tomar 1 mg para cada 9 kg de peso corporal depois de uma evacuação com fezes moles. O cloridrato de loperamida não é indicado para crianças menores de dois anos ou pessoas com diarreia crônica.

Efeitos colaterais comuns

Muitas vezes os efeitos colaterais do cloridrato de loperamida são difíceis de distinguir dos sintomas de diarreia (por exemplo, náuseas, vômitos, tonturas). Tem sido relatado que o medicamento pode provocar distúrbios na pele, tais como pruridos, urticária, coceira e síndrome de Stevens-Johnson. A boca seca, a retenção urinária e o cansaço também foram relatados como efeitos colaterais menos graves.

Efeitos colaterais graves

A diarreia causará uma depleção dos electrólitos do corpo. Portanto, o medicamento deve ser tomado com água em abundância. Não tome-o se você estiver com febre, excretando fezes com sangue, sofrendo de dor abdominal, estiver grávida ou amamentando. Se você tiver algum desses sintomas ao tomar cloridrato de loperamida, então deve chamar imediatamente um médico, ou um controle de veneno se houver suspeita de overdose.

Overdose

Se a loperamida não for ingerida como indicado, pode ocorrer uma overdose. A depressão do SNC (ou seja, a depressão respiratória com a frequência cardíaca reduzida), a retenção urinária e a paralisia do intestino podem ocorrer. Se esses sintomas estiverem presentes, cuidados de emergência médica devem ser procurados. No caso de uma overdose, a naloxona é muitas vezes prescrita para combater sintomas de overdose. Os pacientes são então monitorizados durante um mínimo de 24 horas até que os sinais vitais melhorem.

Equívocos

A loperamida não causa a queda capilar após utilização prolongada. Embora seja verdade que a loperamida pode deprimir o sistema imunológico, não houve provas de que ela provoca a perda de cabelo. No entanto, diarreia e perda de cabelo podem ocorrer simultaneamente em doenças que mostram os níveis de nutrientes no corpo afetados, incluindo a doença de Addison, a leishmaniose, a reação do enxerto contra o hospedeiro da doença, o hipertiroidismo ou doença celíaca. Se você tem tanto a perda de cabelo quanto a diarreia simultaneamente, consulte um médico imediatamente para afastar a suspeita de doenças mais graves.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível