Mais
×

O quanto cobrar em um lava-rápido

Atualizado em 17 abril, 2017

O mercado de lava-rápidos pode ser bem competitivo, especialmente com a quantidade de concorrência para o mesmo serviço. Ao custear os seus serviços, você quer cobrar o valor do trabalho, mas você não irá desejar ter um preço fora do mercado. Apesar de ser fácil cobrar um preço por hora, ele poderá não ser a maneira mais correta de cobrar pelo sistema de lavagem rápida. Na maioria dos casos, você deverá realmente ver como será o serviço antes de estimar, e considerar o tempo, os materiais e a margem de lucro para cada serviço de acordo com a competição local.

Instruções

Saiba o quanto cobrar por um serviço de limpeza a jato (Oli Scarff/Getty Images News/Getty Images)
  1. Descida quanto tempo levará a lavagem. A melhor maneira de estimar essa duração é com base na sua experiência. Se você não tive experiência anterior, haverá uma curva de aprendizado no seu serviço que provavelmente abaixará o valor que você deve cobrar. Mas caso você tenha experiência, descubra o tempo que você leva para realizar o serviço em carros, barcos, construções e etc., e com base nisso você faça sua pesquisa. Também pense sobre quando há alguma circunstância especial: o quão suja está a área a ser limpa? Você precisa subir em lugares altos ou perigosos para realizar o serviço?

  2. Calcule o custo do material. Há dois tipos de custos que você deverá calcular ao cobrar pelos seus serviços: diretos e indiretos. Custos diretos incluem tudo que você comprou ou precisará exclusivamente para realizar o trabalho, como produtos químicos, gasolina, luvas descartáveis entre outras coisas. Custos indiretos incluem o dinheiro gasto em itens que são necessário para o geral, como seu jato de água. Custos diretos são mais importantes ao calcular o valor que você irá cobrar para um serviço específico, mas um valor pré-determinado referente aos custos indiretos é algo ótima para se calcular os custos para cada trabalho.

  3. Determine o seu lucro. Obviamente você precisará obter um lucro em cada serviço, então leve isso em consideração ao cobrar tudo. É nessa parte que vem o truque: ande na linha que divide entre ser competitivo e o seu próprio interesse. Você não quer espantar clientes, mas também não quer falir. Quanto lucro é necessário sobre cada serviço para que no fim sobre o suficiente para sobreviver? O que é justo em relação a sua área e a competição local? Essas são questões que somente você pode responder, então pense sobre elas.

  4. Pesquise sobre sua competição. Antes de estipular o preço de seu serviço, tente descobrir o preço cobrado pelas empresas concorrentes em sua área. Agora, como a qualidade do serviço é diferente entre todos, e com tempos variáveis, você deve usar materiais de boa qualidade, entre outras coisas, mas sempre olhe a competição para saber a faixa de preço que você deverá cobrar, ou arrisque sendo alguém com um preço fora do mercado.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article