Como coletar material para uma cultura de streptococcus B gestacional

Escrito por elizabeth otto | Traduzido por sylvia vitti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A infecção por estreptococcus do grupo B (Strep B beta) oferece sérios riscos a bebês que nascem de mães infectadas, incluindo a possibilidade da ocorrência de cegueira e inflamação pulmonar. O Centers for Disease Control and Prevention recomendam que se faça a coleta de material vaginal e retal de mulheres grávidas entre as semanas 35 e 38 de gestação, juntamente com um tratamento apropriado à base de antibióticos. A coleta do strep grupo B feita por um profissional da área da saúde é um processo simples.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Kit para coleta do strep B
  • Luvas
  • Avental
  • Coletor de amostra vaginal

Lista completaMinimizar

Instruções

    Explique o procedimento para a paciente

  1. 1

    Informe a paciente sobre o procedimento, como ele é feito e porque é necessário. Converse com a gestante sobre o strep B, informando-a sobre os riscos aos quais os recém nascidos de mães infectadas estão expostos e as opções de tratamento se a coleta for positiva. Explique sobre a coleta de amostra bacteriana e o que a paciente pode esperar.

  2. 2

    Peça à paciente para tirar a roupa da cintura para baixo e cubra a região com um avental hospitalar. Oriente-a a se deitar na mesa de exame com as nádegas na borda da mesa, como se fosse fazer um exame pélvico, mantendo os pés nos estribos e as pernas afastadas uma da outras. Outra opção é pedir à paciente que mantenha ambos os pés apoiados firmemente na mesa de exame com as pernas bem afastadas uma da outra.

  3. 3

    Não use lubrificantes nas luvas para a coleta de material vaginal. Com uma mão, abra os lábios vaginais e insira um coletor comum de material. Limpe o cervix, retirando qualquer muco existente antes de coletar a amostra do strep B. Não utilize ainda o cotonete para fazer o esfregaço.

  4. 4

    Efetue a esfrega do cérvix fazendo movimentos para a frente e para trás com um cotonete de coleta por aproximadamente dez segundos, a fim de obter uma amostra adequada. Dependendo da marca do equipamento que estiver usando, utilize o mesmo cotonete ou um adicional para obter uma amostra retal. Passe o coletor pela região do esfincter anal e com um movimento de rotação colete a amostra. Faça uma varredura na região externa do reto para finalizar a coleta.

  5. 5

    Permita que a paciente colete ela mesma as amostras com sua orientação, se isto for permitido. A paciente pode ser instruída a coletar tanto a amostra vaginal, quanto a retal, se ela achar mais confortável fazer o procedimento ela própria ao invés de ter um profissional da área médica fazendo isto por ela.

  6. 6

    Recoloque o coletor em seu recipiente, retirando sua ponta para que ele caiba de forma adequada. Ele deve se encaixar adequadamente no local e a tampa deve estar bem fechada para evitar vazamentos. Coloque um rótulo no frasco com o nome da paciente e informações para a identificação da amostra.

Dicas & Advertências

  • Informe à paciente sobre os resultados do exame imediatamente para que ela saiba se deve fazer o tratamento com antibióticos quando entrar em trabalho de parto.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível