×
Loading ...

Colírios antibióticos para cães

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Se você perceber que os olhos do seu cão estão inchados, vermelhos, turvos, lacrimejando ou com secreções, chame um veterinário para examinar o animal, buscando uma possível infecção ocular. O veterinário deve confirmar se o problema decorre de uma infecção bacteriana, em vez de um vírus ou da presença de um corpo estranho no olho do animal. Se o problema for uma infecção, você só deve administrar colírio antibiótico se isso for prescrito pelo veterinário.

Trate infecções oculares em cães com colírios antibióticos (dog image by Ramona smiers from Fotolia.com)

Conjuntivite

Observe com cuidado se o cão apresenta sinais de conjuntivite, uma infecção ocular comum com a qual muitos cães entram em contato. A conjuntivite pode passar de humanos para cães ou se desenvolver como resultado de um corpo estranho no olho ou de uma lesão ocular. Os sinais de conjuntivite incluem sensibilidade à luz, vermelhidão em um ou ambos os olhos ou secreção em um ou ambos os olhos.

Loading...

Ceratoconjuntivite seca

Observe o nível de umidade nos olhos do cão se ele apresentar olhos vermelhos, com coceira ou irritados. A ceratoconjuntivite seca, ou síndrome do olho seco, ocorre quando os canais lacrimais do cão não produzem umidade suficiente, resultando em infecções oculares. Os veterinários tratam essa condição com ciclosporina, um colírio antibiótico. A ciclosporina funciona como um imunossupressor e ajuda a aliviar os sintomas da doença.

Epífora

Verifique se a pele ao redor dos olhos do cão parece manchada de lágrimas. Isso pode resultar de epífora, uma condição que causa lacrimejamento excessivo nos olhos do cão. Os veterinários prescrevem frequentemente o colírio antibiótico Lincocin para tratar essa enfermidade.

Aplicação

Aplique o colírio com cuidado no olho do cão. Levante o focinho com uma mão e deixe o colírio pingar de cima. Apoie a base da mão que segura o frasco de colírio na testa do animal para evitar tocar acidentalmente o olho do cão. Pingue o colírio a uma distância de 2 cm ou mais. Não toque a ponta do frasco na pele do cão.

Tratamentos alternativos

Alguns veterinários naturalistas sugerem buscar tratamentos naturais alternativos antes de recorrer a tratamentos agressivos como antibióticos. Se o veterinário do cão concordar que o tratamento com colírios antibióticos pode esperar um pouco sem comprometer a saúde do cão, experimente alguns tratamentos alternativos. Eles incluem mudanças na dieta para incluir mais vitaminas e minerais, uso de compressas de chás ou soluções salinas de água sobre os olhos do cão, administração de óleo de fígado de bacalhau (oralmente e como colírio) e aplicação de eufrásia, uma solução salina.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...