Colite canina

Escrito por joyce starr | Traduzido por alexandre girardi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Colite canina
Preste atenção ao comportamento de seu cachorro para detectar anomalias (Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)

A colite canina basicamente significa que o intestino grosso ou cólon do cão está inflamado. Colite é um termo geralmente usado para indicar diarreia causada por uma irritação do intestino grosso. Esse estado em um cão também pode ser chamada de doença inflamatória intestinal. Infelizmente para esses animais, eles não podem dizer quando se sentem mal. Cabe a você como dono perceber as alterações nos hábitos intestinais do animal e procurar por tratamento veterinário se necessário. Abaixo, seguem algumas informações concernentes à colite canina, sintomas, causas e tratamentos.

Outras pessoas estão lendo

O que é o cólon

O cólon de um cão tem três funções básicas: armazenar as fezes, absorver água e digerir mais nutrientes não absorvidos pelo organismo. A maior parte do que um cachorro come é usada como combustível ou armazenado como gordura. O resto vai para o cólon, que está cheio de bactérias prontas para quebrar o resto das fibras, transformando-as em substâncias químicas. Essas substâncias são usadas para manter o cólon funcionando regularmente. As toxinas também são quebradas e excretadas como fezes.

Causas

Pode haver várias situações que causam a colite canina, como infecções, estresse, parasitas, mudanças na dieta, colite alérgica, doença inflamatória intestinal e trauma. É possível que o cão tenha colite após ingerir comida contaminada, cercar-se de outros cães com infecção ou viver constantemente molhado. O cólon então passa a absorver menos água, o que reduz a capacidade dele de armazenar fezes. O resultado acaba sendo o animal sofrer diarreia frequentemente, com muco ou sangue encontrado amiúde nos excrementos.

Sintomas

O sintoma mais comum e evidente da colite canina é a diarreia frequente. Você poderá perceber a tensão do cão enquanto estiver usando o banheiro ou uma vontade repentina de ir para fora de casa urgentemente. Haverá sangue fresco, limo ou muco nas fezes muitas vezes, parecendo sempre normais, mas moles. As fezes parecerão mais viscosas do que aguadas. Todavia, perda de peso não é considerada um sinal de colite canina.

Diagnóstico

Às vezes, diagnosticar colite canina e suas causas pode ser complicado. Muitas vezes, uma dieta de exclusão será usada para determinar se o cão é alérgico a algum alimento em particular ou substâncias como corantes, enchimentos ou contaminantes. Muitos fabricantes de rações produzem uma alimentação especial para cães que sofrem tais particularidades. O processo de exclusão pode levar mais de oito semanas, fazendo com que o animal se alimente somente dessa ração especial e nada mais.

Se a colite for causada por Clostridium, exames terão de ser feitos para diagnosticá-lo. Clostridium são bactérias que vivem no intestino grosso e normalmente não causam problemas. Muitas vezes, estes organismos podem causar problema se o cão se estressar ou alterar a dieta. O Clostridium cresce e se torna tóxico, provocando a colite. Exames para determinar se essa é a causa da colite no cão poderão incluir esfregaço fecal, exame antígeno de látex passivo reverso e o exame ELISA.

Tratamento

Se a colite canina for diagnostica, o tratamento mais usual envolve jejum por um período de 24 a 48 horas. A dieta do cão incluirá o aumento de fibras, assim como uma alimentação hipoalergênica. Frequentemente, o veterinário prescreverá antibióticos e anti-inflamatórios para ajudar em alguma inflamação ou infecção presente. Medicamentos imunossupressores também poderão ajudar nos casos de colite imunomediada. Às vezes, o estresse é a causa do problema e uma mudança na dieta será suficiente. Após o tratamento, o cão geralmente volta a um estado sadio dentro de alguns dias.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível