Como comer barato em Roma

Escrito por ehow contributor | Traduzido por isadora feitoza
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como comer barato em Roma
Roma (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Roma é uma cidade grande para se comer bem, tão grande, que na verdade, você pode estourar o seu orçamento com comida. É possível comer bem com pouco dinheiro, especialmente se você gosta de piqueniques.

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Guias de viagem sobre Roma
  • Mapas
  • Revistas sobre restaurante
  • Cheques de viagem

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Beber um café e comer um pequeno almoço ou lanche em pé. Quase sempre é mais caro sentar-se num café do que ficar em pé no bar, e muitas vezes, custa ainda mais para se sentar nas mesas ao ar livre.

  2. 2

    Faça compras nos mercados, ou "Alimentari" (lojas de alimentos), e coma quantas vezes forem possíveis. Você vai economizar muito dinheiro se puder fazer sua própria comida, pelo menos, em duas refeições ao dia. Apenas tenha cuidado com alimentos perecíveis, especialmente se você não tiver uma geladeira em seu quarto.

  3. 3

    Almoce em um bar de vinhos, em vez de uma "trattoria" ou restaurante. Muitos bares oferecem uma seleção de sanduíches, frios ou pratos de aperitivos que podem lhe satisfazer sem que você tenha que esvaziar a carteira.

  4. 4

    Compre uma fatia de pizza para um almoço ou jantar barato. Mesmo que muitas das pizzas sejam diferentes da pizza que você está acostumado a comer em casa, seja aventureiro -- essa é a melhor parte.

  5. 5

    Fique longe de típico fast food americano. Um hambúrguer e batata frita podem não custar o mesmo preço ao qual você está acostumado e certamente será muito menos interessante que a comida local que você poderia estar provando.

  6. 6

    Faça do almoço a refeição principal do dia. Você vai perceber muitas vezes que o menu de almoço em um restaurante é um pouco mais barato que o menu de jantar, mesmo que inclua, essencialmente, os mesmos alimentos.

  7. 7

    Coma gelato. Este maravilhoso sorvete italiano é onipresente e vem em uma variedade quase infinita de sabores. Pergunte aos habitantes locais sobre sua "Gelaterie" preferida ou consulte seu guia de viagens para ter uma lista dos melhores da cidade.

  8. 8

    Tente desviar-se das áreas turísticas mais populares e tente encontrar restaurantes de bairro que pareçam ser frequentados pelos moradores locais. Lembre-se que as pessoas que vivem em uma cidade sempre sabem onde encontrar as melhores ofertas de alimentos.

Dicas & Advertências

  • Compre um bom livro guia de orçamento que contenha extensas listas de restaurantes e cafés a preços acessíveis. Considere fazer cópias das páginas que você precisa em sua biblioteca local e deixe os livros pesados ​​em casa.
  • Procure menus turísticos, que geralmente são colocados na parte de fora dos restaurantes. Você pode conseguir um melhor preço em uma refeição de três ou quatro pratos que se você comer à la carte. Se por um lado as escolhas podem ser limitadas, por outro lado, a economia geralmente vale a pena.
  • Lembre-se que a maioria dos restaurantes da Itália inclui o couvert, que normalmente aparece no menu ou na conta como "coperto e pane".
  • Tenha em mente que uma taxa de serviço é automaticamente adicionada à sua conta na maioria dos restaurantes europeus. Dar gorjetas além de pagar a taxa de serviço é opcional, embora seja geralmente habitual deixar um pequeno troco em cima da mesa. Verifique a conta para ver se a taxa de serviço foi adicionada para que você possa dar a gorjeta de forma adequada.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível