Como comer ostras na própria concha

Escrito por debra rigas | Traduzido por andressa v. da nobrega
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como comer ostras na própria concha
Ostras na concha são muito apreciadas em vários países (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Você tem um encontro com aquela mulher que é uma verdadeira pérola. Já escolheu um restaurante elegante e ficou um pouco sem saber o que fazer quando ela pede uma entrada para comer com você. É uma bandeja de ostras cruas na própria concha, que o garçom garante estarem muito frescas. Você nunca as experimentou antes mas já ouvir falar de histórias sobre "coisas escorregadias". Tente não entrar em pânico. Mantenha uma conversa descontraída à medida que pede outros itens do jantar. Então, quando a bandeja de ostras chegar sobre uma cama de gelo, seja corajoso e deguste essas delícias.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Fatias de limão
  • Molho de coquetel
  • Raiz forte
  • Outros molhos (opcional)
  • Bolachas salgadas ou pão (opcional)
  • Vasilha ou prato para colocar as conchas vazias
  • Garfos pequenos para frutos do mar
  • Guardanapos

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Sorria quando a bandeja de ostras frescas for colocada sobre sua mesa. Elas provavelmente estarão cercadas de molhos e fatias de limão para você usar, de maneira muito bonita. Agradeça educadamente ao garçom e tome um pequeno gole de água para acalmar qualquer apreensão.

  2. 2

    Escolha sua primeira ostra. Se você estiver com outra pessoa, como no exemplo do primeiro encontro, ofereça a ela a oportunidade de escolher primeiro. Escolha a menor ostra que houver na bandeja. Segure-a levemente entre seu polegar e primeiros dois dedos.

  3. 3

    Esprema uma fatia de limão sobre a ostra inteira. Adicione um pouco de molho para coquetel ou de pimenta (tipo os da marca Tabasco), raiz forte ou qualquer outro molho especial que o chef possa ter preparado para acompanhar o prato.

  4. 4

    Destaque a ostra da sua concha cuidadosamente e sem cutucá-la. Use o pequeno garfo que é geralmente oferecido. Faça isso com suavidade, para não cortar a ostra em si. Simplesmente solte-a nas áreas em que ainda estiver fixada à concha. Não grite se ela se contorcer (algumas vezes, o limão faz com que isso aconteça).

  5. 5

    Encoste a ponta mais estreita da concha na sua boca ou retire a carne da ostra com o garfo e coloque-a diretamente sobre sua língua. Deixe-a por um breve momento em sua boca para que você saboreie a ostra. Mastigue com apenas uma ou duas suaves mordidas ou apenas engula-a inteira. Perceba que ao mordê-la sentirá a textura de pequenos grãos de areia — isso é normal. Você pode remover a areia discretamente usando um guardanapo.

Dicas & Advertências

  • Pode ser que você não goste de ostras cruas, mas você ainda pode experimentá-las cozidas. Um dos melhores pratos que existem são as chamadas Ostras Rockefeller, geralmente preparadas com ervas e temperos e cobertas com farinha de rosca.
  • Algumas culturas servem as ostras cruas fazendo barulho. Por isso, não fique surpreso se sua namorada elegantemente vestida fizer bastante ruído ao comê-las, especialmente se ela tiver ascendência europeia.
  • Refogar a ostra completamente faz tudo perder a graça, mas é o que muita gente prefere para evitar reações desconfortáveis. Faça o que achar melhor para manter sua dignidade.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível