Mais
×

Comida de vaga-lume

Atualizado em 23 março, 2017

Os vaga-lumes, que são muitas vezes chamados de pirilampos, são besouros. Enquanto muitas pessoas acreditam que a iluminação produzidas por eles é simplesmente para o nosso divertimento noturno, seus produtos químicos de iluminação foram, na verdade, bastante utilizados no campo da medicina. Por fim, esses belos insetos são bem predatórios, tanto as suas larvas quanto as formas adultas.

Minhocas são comida para vaga-lumes (Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images)

Minhocas, caracóis e lesmas

As larvas de vaga-lumes tendem a viver em lugares úmidos, pantanosos; no chão, ou debaixo da casca. Larvas seguem as trilhas deixadas pelos caracóis, minhocas e lesmas e os caçam por comida. As larvas usam suas mandíbulas para injetar um veneno que paralisa a vítima. Esse veneno é uma espécie de químico digestivo que começa a liquefazer os órgãos do inseto. As larvas mastigam as entranhas liquefeitas dos insetos e deixa-os como uma casca oca. Algumas larvas também limpam animais e insetos mortos quando os vivos não estão disponíveis.

As larvas de vaga-lumes tendem a viver em lugares úmidos, pantanosos; no chão, ou debaixo da casca (Brand X Pictures/Stockbyte/Getty Images)

Larvas de vaga-lumes

Ao tentar criar vaga-lumes, o melhor é mantê-los em frascos separados. Porque as larvas vão tentar comer umas as outras, usando os mesmos métodos que elas usariam com as minhocas. Larvas mais fortes paralisam e comem o interior de outras larvas. Isso pode ocorrer em cativeiro e na natureza.

Larvas mais fortes paralisam e comem o interior de outras larvas (Thomas Northcut/Photodisc/Getty Images)

Vaga-lumes machos

Existem muitas espécies diferentes de vaga-lumes e alguns predadores tiram proveito desse fato. Quando os vaga-lumes acasalam, é um diálogo entre um macho e uma fêmea, que envolve um padrão específico de luzes. Esse padrão indica se os dois vaga-lumes são da mesma espécie. Um vaga-lume pode dar um sinal de luz falsa, que imita a fêmea de outra espécie. Isso faz com que um macho se aproxime. O inseto que enganou o outro, então ataca o macho confundido com veneno para comê-lo.

Existem muitas espécies diferentes de vaga-lumes e alguns predadores tiram proveito desse fato (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

Mel, pólen, flores

Vaga-lumes são mais propensos a atacar outro do que comer outros alimentos na natureza. Algumas espécies de vaga-lumes comem outros itens, incluindo o mel, pólen e flores. Se um é capturado e mel é colocado na frente dele, ele vai comê-lo e, em seguida, tentar voar para longe.

Algumas espécies de vaga-lumes comem outros itens, incluindo o mel, pólen e flores (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Nada

Alguns vaga-lumes não precisam comer nada. Essas espécies de vaga-lumes se adaptaram a não comer nada, e sua finalidade é simplesmente acasalar. Embora essa seja uma adaptação estranha, ela se destina a manter a população dessa espécie, no mínimo, para preservar a cadeia alimentar.

Alguns vaga-lumes não precisam comer nada (Comstock/Stockbyte/Getty Images)
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article