Comidas feitas com algas

Escrito por laura crawley | Traduzido por beatriz palma
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Comidas feitas com algas
Algas também são conhecidas como "hortaliças do mar" (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Algas são ingredientes tradicionais e ricos em nutrientes, comumente utilizados na culinária asiática, principalmente no Japão. Kombu, wakame, nori e hijiki são alguns tipos de alga importantíssimos na culinária japonesa. Na Grã-Bretanha, na Islândia e na América do Norte, o dulse, outro tipo de alga, era uma comida tradicional, sendo diretamente mastigada ou cozida em sopas e em pratos vegetarianos. As algas também são componentes importantes nas dietas veganistas e macrobióticas, devido ao seu gosto e textura. Elas ainda são ricas em minerais e vitaminas. Você pode usar algas em todos os pratos das suas refeições, se quiser.

Outras pessoas estão lendo

Sopas e saladas

Você pode começar sua refeição com uma sopa, uma salada ou talvez um pouco de cada. O caldo japonês mais básico, o dashi, não seria realmente dashi sem a adição de um pouco de kombu. Você pode aprimorar suas saladas colocando as "hortaliças do mar", como o dulse (uma espécie de alga doce apreciada pelos povos nativos dos Estados Unidos) e o wakame (uma alga suave e cheia de folhas). E o que seria melhor para colocar na sua salada, se não o alface-do-mar (alga do gênero Ulva)?

Comidas feitas com algas
O kombu é uma espécie japonesa de alga usada no dashi, um caldo tradicional (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Pratos principais

Você pode colocar algas também em seus pratos principais. Tente criar um prato com sushis enrolados em nori, uma alga que funciona como um invólucro para os rolinhos japoneses, conhecidos como norimaki. O nori é vendido em folhas pré-torradas, para que seu sabor seja liberado, e então é enrolado em volta de arroz temperado e peixe ou vegetais. As algas também estão presentes nos pratos principais em partes da Grã-Bretanha, particularmente na Escócia, na Irlanda e no País de Gales. Em Gales algumas algas são cozidas e transformadas em uma espécie de purê verde, que lembra espinafre. Às vezes, elas são misturadas com mingau de aveia, divididas em pequenos bolinhos e fritas.

Comidas feitas com algas
São utilizadas folhas de nori para enrolar sushi (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Acompanhamentos

O wakame, alga japonesa cheia de folhas comumente encontrada em saladas, também pode ser cozinhado com brotos de bambu, sendo esse um prato japonês chamado wakatakeni. O hijiki, uma espécie de alga preta e de gosto forte, e o arame (ambas algas japonesas) podem ser cozidas com cenouras e cebolas, funcionando também como acompanhamento. O funori, comum na China, é frito em panelas do tipo wok e também pode ser servido com esse propósito. Já no Japão, o funori é utilizado para engrossar caldos e outros pratos.

Comidas feitas com algas
O wakame é uma alga que combina bem com brotos de bambu (John Foxx/Stockbyte/Getty Images)

Sobremesas

Para fazer sobremesas com algas, você provavelmente irá preparar algum tipo de geleia ou manjar. Ambos os pratos dependem das algas para ganhar o aspecto gelatinoso. O ágar é um hidrocoloide extraído de algas muito utilizado na Ásia para fazer sobremesas gelatinosas. Ele é chamado de kanten no Japão e conhecido como a "grama gelatinosa" ou a "alga gelatinosa" nos outros cantos asiáticos. O gel que ele produz não é afetado pelo calor ou pela umidade, de forma que ele é ideal para a confecção de sobremesas em países mais quentes. Se não gostar de doces gelatinosos, você pode ingerir algas na sobremesa através de um sorvete. Na Europa e na América do Norte, as carrageninas, extraídas de diversos tipos de algas, são frequentemente encontradas em pudins, manjares e sorvetes.

Comidas feitas com algas
Muitas vezes, manjares são feitos com ágar (Eising/Photodisc/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível