A comparação entre os modelos CAPM e APT

Escrito por jennifer vanbaren | Traduzido por carlos augusto santana filho
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A comparação entre os modelos CAPM e APT
- (Visage/Stockbyte/Getty Images)

O modelo de precificação de ativos (CAPM) e a teoria do preço arbitrário (APT) são dois métodos usados para calcular o risco do investimento de ativos comparado ao seu potencial retorno financeiro.

Outras pessoas estão lendo

Fatores

O modelo CAPM toma por base o preço das ações no valor temporal do dinheiro (taxa livre de risco de interesse (rf)) e o risco da ação, ou beta (b) e (rm), que é o risco do mercado de ações em geral. Já o APT não considera o desempenho do mercado quando é calculado. Em vez disso, ele relaciona o retorno esperado aos fatores fundamentais, portanto o APT é mais complicado de calcular em relação ao CAPM, pois mais fatores estão envolvidos.

Fórmulas

O modelo CAPM usa a fórmula: taxa esperada de retorno (r) = rf + b(rm - rf). A fórmula do APT é: retorno esperado = rf +b1(fator 1) + b2(fator 2) + b3(fator 3). O APT usa um beta (b) para cada fator em específico no que diz respeito à sensibilidade do preço das ações.

Resultados

O modelo CAPM é utilizado para ajudar os investidores a calcular o retorno esperado de determinados investimentos. Já o APT calcula a mesma coisa, exceto por se basear em vários fatores, incluindo fatores macroeconômicos e empresariais. O que inclui taxas de juros, crescimento econômico e os gastos dos consumidores.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível