Comparação entre pares trançados STP e UTP

Escrito por jeremy fisk | Traduzido por thiago andre scarani
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Comparação entre pares trançados STP e UTP
As redes de telefonia costumam usar cabos UTP para transmitir sons (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

O cabo de par trançado, que foi inventado por Alexander Graham Bell no final do século XIX para uso em telefones, perdeu parte de sua importância devido às redes sem fio. Os eletricistas ainda usam cabos de par trançado em telefones fixos e eles também são usados por alguns modelos de fones de ouvido para minimizar o ruído e a interferência. Existem dois tipos de cabos de par trançado principais: O STP (Shielded Twisted Pair, ou "par trançado blindado") e o UTP (Unshielded Twisted Pair, ou "par trançado sem blindagem").

Outras pessoas estão lendo

STP e UTP: Similaridades

Ambos os tipos de cabos são formados por dois cabos: Um deles carrega um sinal elétrico e o outro é aterrado, para ajudar a minimizar o ruído. Tanto no STP quanto no UTP, cada cabo costuma ser um conjunto de vários fios. Em telecomunicações, costumam ser usados grupos de oito e 25 cabos.

Características do UTP

O cabo de par trançado sem blindagem usa um isolante para proteger os pares trançados. Apesar dessa cobertura protetora ser útil, ela não é considerada um escudo contra blindagem, ao contrário da cobertura metálica dos cabos STP. O cabo UTP costuma ser mais barato e possuir maior velocidade de transmissão do que o STP.

Características do STP

O par trançado blindado adiciona múltiplas camadas de proteção contra interferências. Um escudo metálico cobre cada par de cabos de uma determinada conexão. Os cabos, então, são colocados em outro escudo metálico. Geralmente, se usa ainda um outro fio aterrado, para melhorar os efeitos da blindagem. Apesar dessas múltiplas camadas de proteção aumentarem a clareza do sinal, caso as blindagens não sejam aterradas corretamente, elas podem acabar recebendo sinais indesejados e piorando os problemas de clareza. A instalação dos cabos STP requer mais conhecimento técnico, e os cabos em si são mais caros do que os UTP.

Outros tipos de cabo

Os cabos coaxiais e de fibra óptica também carregam sinais elétricos em muitos casos. O cabo coaxial consiste de um fio condutor interno, um isolante, uma camada condutora que protege o sinal do fio interno e uma última camada de isolamento. Costuma ser usado para rádio, conexão de internet e TV a cabo. O cabo de fibra óptica, por outro lado, transmite luz, e não eletricidade, e por isso é imune à interferência eletromagnética que afeta os cabos elétricos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível