Comparação entre pargo vermelho e pargo rosa

Escrito por andrea sigust | Traduzido por felipe oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Comparação entre pargo vermelho e pargo rosa
Todos os pargos são carnívoros (Digital Vision./Photodisc/Getty Images)

Geralmente há dois tipos de peixes: cartilaginosos e ósseos. Dentre os cartilaginosos, temos tubarões e arraias, cujos esqueletos são feitos de cartilagem. Já o grupo de peixes ósseos é formado por mais de 25 mil espécies. Dentre a grande variedade de ósseos há os pargos. Eles geralmente habitam águas salgadas e abrangem 250 espécies, incluindo pargos vermelhos e rosas.

Outras pessoas estão lendo

Pargo vermelho

O pargo vermelho ou Lutjanus campechanus ocupa a região oeste do Oceano Atlântico e todo o golfo do México. Outros nomes usados para esse peixe incluem pargo vermelho do norte, pargo vermelho caribenho e pargo vermelho mexicano. Ele cresce até 1 m de comprimento e pode pesar 20 kg. Ele habita o fundo rochoso do mar em profundidades que variam de 100 a 2.000 m. Pode ser encontrado em recifes, áreas de calcário, margens, saliências, declives e cavernas. Alimenta-se de peixes, crustáceos, minhocas, cefalópodes, plâncton e zooplâncton. O lutjanus campechanus era inicialmente relacionado ao Lutjanus aya por especialistas, porém recentemente foi descoberto que não há relação entre eles.

Pargo rosa

O pargo rosa é o nome comum para duas espécies diferentes de peixe. Pristipomoides filamentosus ou pargo rosa havaiano é uma variedade de pargo que se distribui pela região do Indo-Pacífico. O pargo rosa de nome científico Pagrus auratus ou Chrysophrys auratus não é de fato um pargo, mas um peixe relacionado a sunbreams e porgys. Esta variedade se concentra na Austrália e na Nova Zelândia.

Pargo rosa: Pristipomoides filamentosus

Além do pargo rosa havaiano, o Pristipomoides filamentosus também é chamado de peixe carmesim, pargo carmesim e opakapaka (no Havaí). Ele cresce até 1 m e pode pesar 8 kg. Habita as profundezas das regiões costeiras em terrenos rochosos,no Taiti, África oriental, sul do Japão, do leste ao sul da Austrália e Havaí. Sua dieta inclui peixes pequenos, camarões, lulas, caranguejos, zooplâncton e pyrosome.

Pargo rosa: Pagrus auratus/Chrysophrys auratus

Enquanto Pagrus auratus e Chrysophrys auratus eram consideradas duas espécies distintas, agora são sinônimos. Também conhecidos como pargo cockney, pargo australasiano e brema do mar, este pargo rosa já alcançou tamanho máximo de 1,3 m e 19 kg. Habita recifes das áreas subtropicais e quentes da Austrália, Nova Zelândia, Japão, China, Taiwan e Filipinas. Alimenta-se principalmente de crustáceos, mas também come outros peixes, estrelas-do-mar, minhocas e ouriços.

Semelhanças

Todas as variedades de pargos vermelhos e pargos rosas são cientificamente classificadas na superclasse Osteichthyes (peixe ósseo). A alimentação de todos é a mesma, incluindo crustáceos e outros peixes. São comercialmente valiosos e muito apetitosos para consumo humano, com uma carne firme e sabor suave. Não estão ameaçados de extinção, apesar de possuírem baixos níveis populacionais, e, portanto, são monitorados com regularidade por entidades do governo.

Diferenças

Os pargos vermelhos e pargos rosas havaianos são membros da família Lutjanidae ou Lutianidae, ao mesmo tempo que o Pagrus auratus/Chrysophrys auratus não são pargos, mas membros da família Sparidae (sunbream e porgy). Além disso, enquanto pargos vermelhos e pargos rosas havaianos são habitantes do fundo do mar, o Pagrus auratus/Chrysophrys auratus não. Pargos vermelhos e pargos rosas havaianos possuem coloração do laranja avermelhado ao rosa, Pagrus auratus/Chrysophrys auratus são prata amarronzados. Um pargo vermelho pode viver até 50 anos, e o maior tempo de vida verificado de um pargo rosa foi de 18 anos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível