Comparando a arte egípcia com a mesopotâmica

Escrito por lena freund | Traduzido por marcelo dias
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Comparando a arte egípcia com a mesopotâmica
Os mesopotâmicos erguiam zigurates; os antigos egípcios construíam pirâmides (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

A Mesopotâmia Antiga antecede o Antigo Egito em cerca de 2000 anos. Segundo a Universidade do Estado de Washington, as primeiras povoações da Mesopotâmia Antiga datam de aproximadamente 5000 a.C, enquanto a civilização do Antigo Egito remonta a cerca de 3000 a.C. A arte e a arquitetura das antigas civilizações apresentam algumas características em comum, tais como a representação pictórica de pessoas e figuras da realeza, mas também diferem em muitos aspectos. Antigas estatuetas e vasos de arte geométrica foram encontrados na Mesopotâmia, enquanto no Antigo Egito a arte consistia principalmente de arquitetura adornada.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Acesso à internet

Lista completaMinimizar

Instruções

    Características das duas culturas

  1. 1

    Pesquise algumas peças representativas da arte dessas duas culturas da Antiguidade. O Instituto Oriental da Universidade de Chicago mantém coleções de arte mesopotâmica, enquanto que a Universidade de Memphis oferece informações e fotografias de peças do Antigo Egito.

  2. 2

    Analise características de peças de arte da Mesopotâmia. Muitas das peças apresentadas no site da Universidade de Chicago são estatuetas. A primeira da coleção exposta no site é uma estatueta do rei Ur-Nammu, que adornava um dos templos de Enlil, um dos deuses mais importantes. Os templos eram denominados E-kur. Há também estatuetas de mulheres e de sumérios ajoelhados diante de deuses.

  3. 3

    Compare as peças mesopotâmicas com similares do Antigo Egito e indique as diferenças. A arte egípcia também costumava representar o povo e os reis, mas em escala maior. Ramsés II, por exemplo, com frequência aparece representado em estátuas enormes no exterior de templos como o de Amarna. As estatuetas de sumérios ajoelhados têm algo em comum com as estátuas egípcias: os olhos são grandes e de contorno preto.

  4. 4

    Compare os templos da Mesopotâmia com os do Egito Antigo e analise suas diferenças. A Universidade de Fairfield exibe um acervo de imagens de templos sumérios em seu site dedicado à arquitetura mesopotâmica. Os templos sumérios têm uma parede externa com degraus que levam a uma grande praça e ao templo propriamente dito; seu aspecto é muito semelhante aos antigos templos de Jerusalém. Já os templos do Antigo Egito costumam exibir, na entrada, grandes estátuas de faraós e, internamente, fileiras de colunas.

  5. 5

    Perceba que tanto na arte mesopotâmica quanto na do Egito Antigo havia estelas com representações de pessoas e animais. No site da Universidade de Chicago, vê-se em fotografia a estela de um leão que adornava a Via Processional da Babilônia. Os antigos egípcios também pintavam relevos em colunas e em tumbas de faraós.

  6. 6

    Embora haja pirâmides em antigas cidades da América Central, as do Antigo Egito têm um aspecto singular. Já os mesopotâmicos não construíam pirâmides.

Dicas & Advertências

  • Os grandes museus são excelentes para o estudo da arte e arquitetura da Mesopotâmia e do Egito Antigo. O Museu Metropolitan de Nova York, por exemplo, possui um grande salão inteiramente dedicado a peças de arte do Egito Antigo.
  • A Antiga Mesopotâmia e o Antigo Egito eram civilizações bem distintas. Na primeira, havia um número muito maior de cidades distribuídas numa área mais extensa, enquanto o Antigo Egito confinava-se no vale do Nilo, com poucas cidades e um número maior de pequenos grupos espalhados ao longo do rio.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível