Como completar reações químicas

Escrito por james porter | Traduzido por luiz neves
Como completar reações químicas
Para completar uma equação química, você vai precisar do seu conhecimento sobre reações químicas (molecules of the chemical formula image by Oleg Verbitsky from Fotolia.com)

Estudantes de química do mundo inteiro precisam completar e balancear reações químicas com frequência. Para completar uma reação química, você deve escrever os produtos com base nos reagentes. Para isso, é necessário saber que tipo de reação está ocorrendo e como os elementos se comportam. Entretanto, com uma tabela periódica em mãos e um pouco de matemática básica, essa tarefa não fica tão difícil como parece.

Instruções

  1. 1

    Determine que tipo de reação está ocorrendo de acordo com os reagentes. Isso exige um pouco de conhecimento sobre tipos de reações comuns. Se há apenas um reagente, trata-se de uma decomposição. Vá para o passo 2. Se há dois ou mais reagentes que se ligarão em uma reação de composição, pule para o passo 3. Se há oxigênio e um hidrocarboneto como reagentes, vá para o passo 4. Se os reagentes são dois compostos iônicos que reagirão por dupla substituição, pule para o passo 5. Se os reagentes forem um metal reativo ou halogênio e um composto com um metal ou halogênio menos reativo, vá para o passo 6 para uma reação de substituição simples.

  2. 2

    Escreva os produtos como componentes individuais do reagente. Esses podem ser elementos ou compostos menores. Use o seu conhecimento sobre quais elementos são encontrados em moléculas diatômicas para preencher as fórmulas químicas corretas. Por exemplo, água (H2O) se decompõe em hidrogênio e gás oxigênio (H2 e O2).

  3. 3

    Escreva o produto como combinação dos elementos ou compostos encontrados nos reagentes. Por exemplo, hidrogênio (H) e nitrogênio (N) se combinam formando HN. Vá para o passo 7.

  4. 4

    Escreva o produto como água (H2O) e dióxido de carbono (CO2).

  5. 5

    Escreva os produtos como compostos dos reagentes com ânions, com o segundo de dois íons que formam cada componente, trocados. Por exemplo, AlCl3 e NaOH reagem para formar AlOH e NaCl. Vá para o passo 7.

  6. 6

    Escreva os produtos como compostos reagentes com o metal ou halogênio permutados com o metal ou halogênio que estava sozinho. Por exemplo, CaBr2 e Cl reagem para formar CaCl e Br. Vá para o passo 7.

  7. 7

    Descubra os estados de oxidação e redução típico dos reagentes. Essa normalmente é uma propriedade das famílias ou colunas da tabela periódica em que o elemento está. Por exemplo, elementos da família do nitrogênio normalmente aceitam três elétrons, enquanto os da primeira -- alcalinos -- normalmente doam um elétron. Você pode determinar isso olhando para o composto no qual o elemento começa. Por exemplo, no AlCl3, o alumínio (Al) deve doar três elétrons, porque está se ligando a três átomos de cloro (Cl), onde cada um tem apenas um elétron. Algumas tabelas periódicas contêm essa informação.

  8. 8

    Descubra o número correto de cada átomo ou íon para colocar nos compostos do produto utilizando o número de elétrons que ele normalmente doa ou recebe, conforme determinado no passo 7. Por exemplo, no AlOH, o alumínio normalmente doa três elétrons enquanto o hidróxido (OH) normalmente recebe um, então a fórmula deve ser Al(OH)3. O cálcio tipicamente doa dois elétrons enquanto o cloro recebe um, então o cloreto de cálcio tem a fórmula CaCl2. Para elementos individuais, simplesmente determine qual deles vêm em moléculas diatômicas. Com esse passo terminado, a reação está completa.

Dicas & Advertências

  • Esse método não é exato. Se você não está apenas completando um dever de casa, pode ser melhor confirmar a fórmula com uma referência.

O que você precisa?

  • Fórmulas químicas corretas de cada reagente

Lista completaMinimizar

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível