Complicações da ferritina elevada

Escrito por joe king, m.s. Google | Traduzido por tiago tostes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Complicações da ferritina elevada
Altos níveis de ferritina no sangue indicam doença, trauma ou intoxicação por ferro (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

A ferritina é uma mólecula de proteína produzida naturalmente, que é necessária para as células do corpo armazenarem e controlarem o ferro. A quantidade de ferritina reflete a quantidade de ferro armazenado, portanto, quanto mais ferritina, mais ferro. Há complicações decorrentes do excesso de ferritina, principalmente devido aos altos níveis de ferro no corpo. Converse com um médico sobre a ferritina e o ferro para avaliar se você está desenvolvendo intoxicação por ferro.

Outras pessoas estão lendo

Mecanismo de ação

A ferritina é um complexo de proteína globular, o que significa que ela tem a capacidade de armazenar moléculas e transferi-las para o interior das células. Se as moléculas de ferro fossem levadas livremente através do sangue, o corpo iria filtrá-las através dos rins e excretá-las pela urina. A ferritina previne a perda de ferro, mantendo-o solúvel e não-tóxico, para ser usado pelo corpo quando necessário.

Ferritina elevada

De acordo com a enciclopédia médica online Medline Plus do Instituo Nacional de Saúde dos EUA, um exame de sangue para a ferritina pode ser realizado para avaliar se há níveis elevados dessa proteína. Nos homens, os níveis de ferritina devem variar entre 12 e 300 ng/ml, e nas mulheres entre 12 e 150 ng/ml. Níveis maiores que o normal podem indicar uma doença inflamatória, como a artrite ou uma lesão aguda, doenças alcoólicas relacionadas com o fígado, transfusões de glóbulos vermelhos frequente ou hemocromatose, que é o aumento anormal de ferro. A ferritina é também uma proteína reativa que fica elevada na fase aguda de uma doença e de desnutrição.

Hemocromatose

A hemocromatose é uma das condições mais graves relacionadas a altos níveis de ferritina. De acordo com o site do Centro Nacional de Biotecnologia dos EUA, hemocromatose pode causar dor abdominal, fadiga, escurecimento da pele, dor nas articulações, perda de pelos do corpo, diminuição do desejo sexual, perda de peso e fraqueza geral. Para diminuir os níveis de ferro a níveis normais, pode-se retirar sangue para remover o excesso de ferritina, em um processo chamado de flebotomia. Também deve-se reduzir a ingestão de ferro.

Outras considerações

Ter níveis elevados de ferritina não é prejudicial por si só, mas é um indicador de outros sintomas que estão prejudicando o seu corpo. Realizar exames de sangue regularmente para avaliar os níveis de ferritina ajuda a determinar se há danos internos ou uma doença que precisa ser tratada clinicamente. Converse com um médico sobre a avaliação dos níveis de ferritina, especialmente no caso de alcoolismo, anorexia, artrite ou hemocromatose.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível