Componentes de um para-raios

Escrito por daniel thompson | Traduzido por joan diaz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Componentes de um para-raios
Para-raios são mais efetivos como parte de um sistema maior de proteção contra raios (George Marks/Retrofile/Getty Images)

Para-raios são compostos de cinco componentes básicos que funcionam em conjunto para desviar relâmpagos das estruturas. Eles protegem as estruturas usando um bastão feito de material condutivo que desvia e aterra relâmpagos nos seus arredores. Os principais componentes de um para-raios incluem um terminal aéreo, cabos condutores, sobretensões, um elemento de aterramento e os componentes usados para conectar e montar estas peças.

Outras pessoas estão lendo

Terminal aéreo

A parte mais visível de um para-raios é o terminal aéreo. Esta parte consiste de um ou mais bastões verticais colocadas sobre a estrutura. Estes são feitos de materiais condutivos feitos para redirecionarem relâmpagos próximos. Alumínio e cobre são dois materiais bastante usados na construção dos bastões de para-raios. O número e a colocação dos terminais são determinados de acordo com o tamanho e a forma da estrutura que protegem.

Cabos

Para-raios usam um tipo específico de cabo trançado para direcionar relâmpagos para dentro do solo. Estes cabos servem o propósito de conectar o terminal aéreo com a placa ou bastão de aterramento. Cada terminal aéreo requer pelo menos dois cabos de aterramento que formem um caminho reto do terminal aéreo até o solo. Sistemas de proteção contra raios com múltiplos terminais aéreos usam cabos para conectar cada terminal aéreo.

Aterramento

O elemento de aterramento tipicamente consiste de um bastão ou placa enterrada no chão. Este elemento aterra o terminal aéreo, criando um ponto para acabar com os relâmpagos próximos. A placa ou bastão de aterramento é o local para onde os relâmpagos são desviados. Sistemas efetivos de proteção contra raios requerem ao menos dois pontos de aterramento enterrados em lados opostos da estrutura que estão aterrando.

Conectores

Conectores de para-raios são usados para ligar o terminal aéreo aos cabos de aterramento, que em troca são conectados às placas. Estes conectores são feitos especificamente para aguentar o calor gerado na transferência de um relâmpago para lá. Os conectores usados em sistemas de proteção contra raios incluem peças de montagem e cabos para o terminal aéreo, além dos conectores para o terminal aéreo e a placa de aterramento. As peças que conectam a placa aos cabos de aterramento ficam melhor mantidos sob o solo.

Sobretensões

Sobretensões costumam ser incluídas em sistemas de proteção contra raios para proteger equipamentos eletrônicos de danos causados por relâmpagos. Elas são integradas ao sistema elétrico da estrutura para protegê-la das tensões de pico causadas pelos raios. As sobretensões protegem os equipamentos eletrônicos descarregando as tensões elétricas em um cabo de aterramento separado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível