on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

O comportamento dos gatos recém-castrados

Atualizado em 21 novembro, 2016

Os donos de gatos machos que foram castrados recentemente notarão uma mudança drástica no comportamento deles, geralmente para melhor. Antes do procedimento, os felinos apenas pensam em reprodução, o que domina a sua maneira de agir.

Gatos recém-castrados apresentam um temperamento mais calmo (cat image by Zbigniew Nowak from Fotolia.com)

Objetivo

Os gatos são castrados principalmente para prevenir a reprodução; porém, um segundo benefício do procedimento é que o comportamento dos animais muda e eles ficam muito mais calmos do que antes.

Loading...

Pulverização

Antes de serem castrados, os gatos pulverizam urina para marcar o território. Isso pode ser um grande incômodo, pois o odor é muito ruim. Depois do procedimento, eles não fazem mais isso com tanta frequência.

Agressão

Os gatos recém-castrados deixam de ficar completamente focados na reprodução e, por isso, passam a ser menos agressivos. Isso é perceptível, porque eles não sentem-se mais tão compelidos a defender o território. Eles também vagueiam menos em busca de fêmeas e ficam mais perto de casa quando saem.

Riscos

Embora castrar um macho seja um procedimento menos agressivo do que esterilizar uma fêmea, ainda é uma cirurgia, e uma incisão é feita. O gato pode lamber os cortes e morder os pontos. Isso deve ser evitado, pois pode causar uma infecção, assim como soltar ou cortar as linhas; existem colares especiais, em forma de funil, que impedirão que o felino se lamba.

Outra vantagem

Depois da castração, os gatos passam a emitir odores diferentes dos anteriores. Outros felinos que vivem na mesma casa podem começar a apresentar um comportamento esquisito ao seu redor, pois eles não o reconhecem. Isso é temporário.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...