Comportamento de recém-nascidos durante sonecas

Escrito por emily pate | Traduzido por laura louzada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Comportamento de recém-nascidos durante sonecas
Alguns bebês acordam entre o sono profundo e o sono leve (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Os recém-nascidos dormem de treze a dezesseis horas por dia, ou mais, segundo o site Kidshealth.org. A maioria dos bebês não dorme durante a noite toda, ao invés disso tiram sonecas de três a quatro horas durante o dia e a noite, porque seus estômagos são pequenos e não cabe muito leite neles, então eles precisam se alimentar frequentemente. Além disso, o leite materno é digerido rapidamente. Enquanto dorme, ele passa por vários ciclos de atividade cerebral e física, podendo acordar quieto, alerta ou choroso.

Outras pessoas estão lendo

Adormecendo

Assim como os adultos geralmente se envolvem em uma atividade relaxante antes de adormecer, os recém-nascidos também precisam de algo para acalmá-los. Você pode balançá-los suavemente, caminhar com eles no colo ou cantar para o bebê dormir, dependendo das suas necessidades e do seu temperamento. Quando ele adormecer, ele talvez se contorça, flexione os membros e sorria. Se eles estiverem mamando, talvez continuem sugando esporadicamente enquanto pegam no sono. Nesta fase, o bebê não está totalmente adormecido ainda, podendo acordar quando você tentar colocá-lo na cama. Quando as contrações começarem a parar, a respiração tornar-se regular e os músculos relaxarem, ele estará pronto para ser colocado no berço, provavelmente.

Atividade cerebral durante a soneca

Os neurônios e as fibras musculares dos recém-nascidos mapeiam relações durante a soneca, de acordo com Mark Blumberg, da Universidade de Iowa. O movimento rápido dos olhos e os espasmos durante o sono são o resultado da ligação feita pelo cérebro entre uma célula nervosa e uma uma fibra muscular, em seguida, enviando a informação de volta para o cérebro, ensinando ao corpo qual neurônio está ligado a cada fibra muscular. Quando está acordado, o cérebro do recém-nascido está sobrecarregado com o estímulo sensorial, com centenas de neurônios disparando simultaneamente, de modo que o tempo ocioso durante a soneca é essencial.

Sono inquieto

Declan Murphy, da King's College de Londres, descobriu que o cérebro dos bebês mantém-se mais ativo em relação a alguns estímulos enquanto dorme, se comparado com o dos adultos. O Dr. William Sears afirma que o recém-nascido tem um sono mais leve do que o de um adulto, o que seria necessário para sua sobrevivência, já que eles precisam sentir e comunicar suas necessidades, como fome e desconforto.

Ciclo de sono

Em torno de uma hora após adormecer, a pálpebra do recém-nascido começa a tremer, ele pode se contorcer, fazer caretas, contrair os músculos e a respirar de forma irregular. O bebê está passando do sono profundo para o sono leve. Ele pode acordar durante este período, principalmente se estiver com fome ou desconfortável. Talvez você precise acalmá-lo e pegá-lo no colo. Se não houver necessidade, o movimento continuará por cerca de dez minutos, até ele entrar no sono profundo novamente, começando um novo ciclo de 50 a 60 minutos, que é mais curto do que o ciclo do adulto, que dura cerca de 90 minutos.

Acordando

Como os recém-nascidos não sabem diferenciar o dia e a noite, o comportamento deles depois da soneca é o mesmo em qualquer momento do dia. Tente lidar com o seu padrão de sono natural, ao invés de tentar acordá-lo cedo ou mantê-lo acordado para se encaixar ao seu ciclo. De três a seis meses, ele provavelmente estará dormindo a noite toda ou com pequenos períodos acordado e precisando de colo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível