Mais
×

Comprimidos de prednisona para asma em gatos

Atualizado em 21 novembro, 2016

Se o seu gato tosse e apresenta sibilos com frequência, não presuma que o problema seja apenas uma bola de pelo. A asma em gatos provoca sintomas semelhantes aos citados, e muitas vezes é mal diagnosticada, diz a veterinária Susan Little da Fundação Winn Feline. Pólen, poeira da almofada do gato, fumaça de cigarro, spray de cabelo, produtos de limpeza, ambientadores perfumados e desodorizadores de carpete podem desencadear asma em gatos. Ataques severos que levam à respiração ofegante e de boca aberta podem ser uma ameaça à vida, diz Little. A prednisona é um dos medicamentos usados ​​para tratar a asma em gatos.

Produtos de limpeza perfumados podem desencadear asma em gatos (spray image by dinostock from Fotolia.com)

Corticoesteroide

A prednisona é um corticosteroide sintético com propriedades anti-inflamatórias. Em gatos asmáticos, ele ajuda a remover as células inflamatórias que envolvem as vias aéreas, afirma o veterinário Arnold Plotnick em seu site, Manhattancats.com.

A prednisona ajuda a remover as células inflamatórias (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Comprimidos de prednisona

Comprimidos de prednisona devem ser administrados com alimentos para evitar a irritação do estômago. Além disso, uma vez que a pílula pode parar no esôfago do gato e causar úlceras dolorosas ou irritação local, a veterinária Lisa A. Pierson, em Catinfo.org, sugere que após a pílula seja oferecido água ao animal ou um pedaço de comida molhada.

Alguns gatos podem ingerir os comprimidos de prednisona dissolvidos no líquido de uma lata de atum. Outras maneiras de disfarçar os comprimidos incluem envolvê-los em queijo, escondendo-os em meio a um par de pedaços de carne para bebê ou cheirosas comidas de gato ou colocando-os em guloseimas macias e úmidas. Lojas de animais vendem guloseimas mais macias e úmidas com "bolsos" projetados para esconder comprimidos de um gato.

Comprimidos de prednisona devem ser administrados com alimentos para evitar a irritação do estômago (Michael Blann/Digital Vision/Getty Images)

Alternativas para o comprimido

Para os gatos que oferecem resistência à pílula, uma farmácia de manipulação pode fazer prednisona em um líquido com sabor, petiscos macios e úmidos ou gel para esfregar no interior de uma ponta da orelha.

O medicamento também está disponível na forma de gel (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns da prednisona em gatos incluem o aumento da fome e sede, falta de energia, dores de estômago e recorrência de uma infecção latente, diz o veterinário Wendy C. Brooks, diretor educacional do VeterinaryPartner.com. Uma vez que contém glicose nas suas moléculas, a prednisona pode aumentar os níveis de açúcar no sangue de um gato, levando à diabetes.

Entre os efeitos secundários a longo prazo dos comprimidos de prednisona em gatos estão a obesidade, a fraqueza muscular e aumento da susceptibilidade às infecções, de acordo com Brooks.

A prednisona possui efeitos colaterais (Martin Poole/Digital Vision/Getty Images)

Precauções

O uso a longo prazo ou inadequado dos comprimidos pode levar a uma "ameaça à vida devido a alterações hormonais ou metabólicas", escreve Forney para WedgewoodPetRx.com. Ela e outros veterinários sugerem dar comprimidos de prednisona a gatos apenas a cada dois dias. Gatos em tratamento a longo prazo com comprimidos de prednisona devem ser acompanhados de perto por um veterinário, e quando o gato já não precisar do medicamento, Forney aconselha a interromper lentamente, diminuindo gradualmente a dose e aumentando o tempo entre as doses.

Administre os comprimidos adequadamente (BananaStock/BananaStock/Getty Images)
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article